Sábado terá umidade relativa do ar em situação de alerta em Mato Grosso do Sul

Índice deve ficar em torno dos 15% nos municípios das regiões norte, centro e leste do estado.

A umidade relativa do ar pode atingir níveis de alerta neste sábado (14) em alguns pontos de Mato Grosso do Sul. Segundo previsão do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), o índice deve ficar em torno dos 15% nos municípios das regiões norte, centro e leste do estado.

Nessas e nas demais áreas haverá a formação da chamada névoa seca durante a tarde e noite. Esse fenômeno ocorre quando há partículas de vapor d'água condensadas associadas à poeira e poluentes, dando um aspecto acinzentado ao ar.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) considera aceitável a umidade acima dos 60%. Quando ela fica entre 12% e 20%, alguns cuidados devem ser tomados, como evitar aglomerações em ambientes fechados, trabalhos e atividades ao ar livre entre as 10h e 16h, além de hidratar olhos e narinas com soro fisiológico.

Previsão – Em Campo Grande, conforme o Inmet, o sábado será com tempo variando entre claro e parcialmente nublado. Os termômetros não devem passar dos 31°C na Capital com mínima de 17%. A umidade varia entre 55% e 20%.

Sonora e Pedro Gomes, na região norte de Mato Grosso do Sul, tiveram mínima de 13°C com a máxima prevista em 33°C. A umidade oscila entre 15% e 60%. Já em Três Lagoas e Aparecida do Taboado, na região leste, a mínima foi de 12°C com máxima prevista em 32°C.

Na região sul, Sete Quedas e Dourados terão a umidade fora da zona de alerta, variando entre 25% e 60%, conforme o Inmet. A temperatura mínima foi de 11°C e a máxima deve ser de 32°C neste sábado.

Corumbá, na região oeste de Mato Grosso do Sul, terá os maiores níveis de umidade, oscilando entre 30% e 80%. Os termômetros na Cidade Branca não devem passar dos 33°C com mínima de 18°C.