Colegas de trabalho lamentam morte de capixaba em acidente no MS

Ele e a esposa, a professora Mery Brandão, faleceram em um grave acidente de carro.

Henrique Brandão e Mery Ângela Brandão - Foto: Reprodução/Facebook

Colegas de trabalho lamentaram a morte do superintendente do Banestes na região Sul do Espírito Santo, Henrique Brandão. Ele e a esposa, a professora Mery Brandão, faleceram em um grave acidente de carro no Mato Grosso do Sul, que deixou a filha do casal gravemente ferida.

Henrique tinha 40 anos e atuava no Banestes há 14. Vários funcionários do banco compareceram ao velório do casal, na manhã desta segunda-feira (16), no cemitério Jardim da Paz, em Cariacica.

Nyara Andrade, que é gerente de uma agência do banco em Iúna, contou que os colaboradores do Banestes ficaram muito abalados: "Todos nós estamos desolados, sem acreditar. Só o tempo mesmo para poder corrigir e amenizar".

Gerente-geral de uma agência em Cachoeiro, Paula Karulina exaltou as características de Henrique como chefe. "Trabalhar com Henrique foi uma experiência incrível. A gente brinca que existe os gerentes antes do Henrique e depois do Henrique. A essência dele era orientar a gente, buscar os melhores resultados, ele buscava ressaltar o nosso lado bom, as nossas fortalezas", destacou.

Henrique estava há um ano como superintendente regional sul do Banestes e, por este motivo, havia se mudado para a cidade de Cachoeiro de Itapemirim. Antes disso, Henrique, que é formado em Direito, havia passado por agências em Cariacica, Vitória e Vila Velha.

O banco também divulgou uma nota de pesar, manifestando solidariedade à dor da família e dos funcionários. Os corpos do casal chegaram em Vitória na madrugada desta segunda-feira (16).