Índios invadem fazenda, torturam e fazem caseiro refém por 6h

Durante o período em que ficou com o grupo informou ter sido torturado.

Homem mostra ferimentos após ficar refém de indígenas - Foto: Osvaldo Duarte

Grupo de aproximadamente 30 indígenas invadiram a Fazenda Celeste, em Dourados, na noite de sexta-feira (20/7) e fizeram refém o caseiro do local. Conforme relato do homem à polícia, ele ficou ‘preso’ na propriedade entre 22h de ontem e 4h deste sábado. 

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela vítima, os invasores entraram na fazenda em posse de arma de fogo, arco, flecha e lanças. 

Durante o período em que ficou com o grupo informou ter sido torturado. Na delegacia, ele apresentou ferimentos pelo corpo e na cabeça.

Antes de ser liberado, os indígenas ainda roubaram do caseiro a carteira, aparelho de telefone celular e R$ 400.

Ao deixar a propriedade rural, ainda conforme o registro policial, o homem dirigiu até uma mercearia e foi levado até a casa de familiares, antes de denunciar o fato. A ocorrência foi registrada como lesão corporal, ameaça e violação de domicílio. 

A área segue ocupada. No passado, o local passou por outra invasão. 

A Fazenda Celeste fica na região próxima a avenida Guaicurus, via que dá acesso as universidades, aeroporto, Exército, distritos e vários bairros de Dourados.