Tenista da Geórgia evita o tri de argentino e é campeão de um ATP pela 1ª vez

Nikoloz Basilashvili, de 26 anos, consegue conquista inédita no ATP 500 de Hamburgo ao vencer Leonardo Mayer.

Nikoloz Basilashvili e Leonardo Mayer com os troféus do ATP de Hamburgo - Foto: REUTERS/Fabian Bimmer)

Em dia de conquistas inéditas no tênis tanto no masculino quanto no feminino, Nikoloz Basilashvili não deixou por menos. No ATP 500 de Hamburgo, na Alemanha, o tenista da Geórgia, 81º do ranking, levou o primeiro título de sua carreira ao derrotar o então bicampeão Leonardo Mayer (36º) por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 0/6 e 7/5, em 2h12 de confronto. Foi a primeira vez que um jogador georgiano levou um título profissional de nível ATP na história.

Basilashvili, de 26 anos, tinha um currículo com dois vice-campeonatos em Memphis 2017 e Kitzbuhel 2016, ambos torneios de nível 250. Saindo do qualifying em Hamburgo, o georgiano derrubou favoritos, especialistas no saibro, em seu caminho - Philipp Kohlschreiber (25º), Pablo Cuevas (72º), Pablo Carreño Busta (13º), Nicolas Jarry (69º) e o próprio Leonardo Mayer - para chegar ao título da competição.

Com a vitória deste domingo, Basilashvili soma 500 pontos e vai dar um salto de 46 posições no ranking, saindo de 81º para 35º, a melhor de sua carreira. Por outro lado, o Leonardo Mayer terá uma queda de 36º para 51º lugar por conta dos 210 pontos que serão descontados.