"Micro" Harry Kane feito por artista pode fazer notas de cinco libras valerem até R$ 246 mil

Graham Short, um dos maiores expoentes mundiais da chamada micro-arte, pôs quatro notas em circulação e vai presentear ainda a FA e o artilheiro da Copa.

No detalhe, rosto e nome do atacante aparecem ao lado da marca d'água do Big Ben - Foto: Arquivo pessoal

Quanto vale uma nota de cinco libras? A resposta não está na pergunta, e nem esse é um teste para saber se você está em dia com a cotação da moeda. A variável neste caso depende de um desenho de cerca de cinco milímetros do rosto de Harry Kane. Obras de Graham Short, um dos maiores expoentes mundiais da chamada micro-arte, seis notas com a representação do artilheiro da Copa de 2018 foram produzidas e avaliadas em até 50 mil libras. Quatro delas estarão em circulação no comércio no Reino Unido, enquanto duas serão dadas à Football Association (FA) e ao próprio atacante.

A ideia de homenagear Kane foi tomando forma ao longo do Mundial da Rússia. Quando houve a confirmação da artilharia do torneio para o jogador do Tottenham, com seis gols, Graham acrescentou ao projeto a inscrição "Vencedor da Chuteira de Ouro da Copa de 2018". Levou quatro dias para finalizar cada uma das notas – tempo que ele considera pequeno diante da “simplicidade” da missão.

- Meu trabalho normalmente pode levar meses. Esses cinco milímetros para mim são até uma área grande, você pode ver a olho nu, sem óculos especiais. A natação é meu esporte principal, mas também gosto muito de futebol, vi a Copa e torci muito quando o Harry Kane começou a marcar e mostrou que podia ser artilheiro. Agora estamos tentando marcar com os agentes dele para que eu possa entregar uma nota pessoalmente a ele – disse Graham, por telefone, ao GloboEsporte.com.

Graham já colocou três notas desta edição limitada em circulação. Gastou uma na vila de Meriden, que é conhecida pela localização central na Inglaterra; outra em Edimburgo, próximo a uma cafeteria cuja fama é ter abrigado a escritora J.K. Rowling quando a mesma começou a escrever a série de livros de Harry Potter; a terceira foi gasta na cidade galesa de Merthyr Tydfil, onde o pai do artista nasceu. A quarta será posta em circulação na Irlanda do Norte, em viagem a ser feita na próxima semana.

A estimativa de que cada nota pode valer até 50 mil libras – mais de R$ 246 mil na cotação de hoje – foi divulgada vastamente pela imprensa inglesa, atribuindo a avaliação a “especialistas de mercado”. Graham já fez um retrato da Rainha Elizabeth II em uma cabeça de alfinete que foi vendido por mais de 100 mil libras (quase 500 mil reais), e uma trava de chuteira com o escudo da FA e o nome dos 38 jogadores que marcaram gols pela Inglaterra em Copas até o Mundial de 2010 foi vendida há alguns anos por 15 mil libras.

Com as notas, ele espera que pessoas comuns tenham acesso à arte dele, mas também que possam vir a lucrar com eventuais revendas ou leilões. Há dois anos, quando as notas de plástico começaram a circular no Reino Unido, Graham fez uma homenagem ao 200º aniversário de morte da escritora Jane Austen. Mas das quatro notas com o rosto da novelista, apenas três foram divulgadas como encontradas.

- Com esses projetos eu quero que minha arte não fique restrita só às galerias e que todo o público tenha acesso. Naquela época (das notas com o rosto de Jane Austen) era perto do Natal, então queria que as pessoas que tivessem a sorte de encontrá-las conseguissem um dinheiro extra. Eu mesmo não ganho nada com isso. Com a nota da Jane Austen teve uma que não apareceu. É um risco. Mas espero que as pessoas fiquem atentas e encontrem as que fiz do Harry Kane.

Na Copa da Rússia, Kane marcou seis gols nas seis partidas que disputou - foi poupado no confronto com a Bélgica, na última rodada da primeira fase. Foram 14 tentativas de finalização, e todas as seis que foram na direção do gol entraram - três em cobranças de pênalti. A maior vítima foi o Panamá, na segunda rodada, que levou três gols do atacante.