Clodoaldo brinca ao falar de último gol em Ceni: 'Vou nem lembrar, senão ele vai ficar bravo'

Em apresentação oficial, "matador" brinca com atual técnico do Fortaleza e aponta meta de ser o maior artilheiro da história do clube. Faltam 12 gols

- Foto: Paulo Matheus/Fortaleza EC

Em campo, ele era endiabrado. Infernizava a vida dos adversários, marcava muitos gols e metralhava a torcida rival. Segundo maior artilheiro da história do Fortaleza, com 126 gols, Clodoaldo está de volta. Aos 39 anos, mais experiente, o atacante não joga profissionalmente há dois anos. Foi contratado para disputar a Taça Fares Lopes, no fim de agosto, e na apresentação oficial prometeu perseguir a marca dos 138 gols, recorde histórico de Croinha, maior artilheiro da história do clube. A irreverência dos tempos de jogador, no entanto, mostrou-se viva ao ser questionado sobre o último gol pelo Fortaleza, marcado justamente contra o atual técnico do clube, Rogério Ceni.

- Aquele gol foi um momento especial. Foi na Série A do Brasileirão, contra o nosso treinador Rogério Ceni. Vou nem lembrar, senão ele vai ficar bravo - brincou Clodoaldo.

O gol em questão foi em 2005, quando o Fortaleza estava na Série A. A partida foi disputada no Castelão com estádio recheado de torcedores. O registro acima, feito pelo repórter fotográfico Kiko Silva, do periódico Diário do Nordeste, mostra o exato momento em que Clodoaldo chuta para marcar o gol da vitória do Fortaleza. Naquele ano, Rogério Ceni seria campeão mundial pelo São Paulo.

 

O último clube de Clodoaldo foi o Juazeirense, da Bahia, com o qual disputou a Série D do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o time foi eliminado nas oitavas de final.

- É uma honra estar voltando agora como atleta, já que eu sou funcionário do clube. Oportunidade de finalizar uma história que eu construí nesse clube. Espero que comecem os treinos, os jogos, para que eu possa dar alegria ao Fortaleza.

Com 126 gols na história do clube, Clodoaldo persegue Croinha, o maior artilheiro, com 12 gols a mais. Se há quem diga que Clodoaldo foi contratado para jogar apenas uma partida, o atacante mostra fome de jogos e de gols.

- Tenho essa oportunidade e esse vai ser o objetivo. Procurar tentar fazer esses 12 gols, aproveitar ao máximo essa oportunidade para ser o maior artilheiro do clube. Faz dois anos que eu não jogo profissionalmente, então vai ter um trabalho. Eu não quero fazer só um jogo, eu quero fazer jogos, no plural. Esse será o meu objetivo. Calma, trabalho, para eu voltar 100%. Eu estando bem fisicamente, o resto vai acontecer com naturalidade.

Clodoaldo já fez treinos físicos com o elenco que disputará a Fares Lopes. O baixinho ainda não treinou com bola. O Fortaleza estreia na competição estadual no dia 26 de agosto contra o Floresta, no estádio Presidente Vargas, às 15h30.