Seleção brasileira inicia preparação para o Sul-Americano feminino de basquete

Competição acontece entre 30 de agosto e 4 de setembro, na Colômbia.

O Brasil é o maior campeão do torneio, com 26 títulos - Foto: Flickr CBB

A Seleção Brasileira inicia nessa sexta-feira, às 14h em Campinas (SP), sua preparação para o Campeonato Sul-Americano de basquete feminino 2018. A competição continental acontece entre os dias 30 de agosto e 4 de setembro, na cidade de Tunja, na Colômbia, e os semifinalistas irão garantir vaga na Copa América 2019. O Brasil é o maior campeão do torneio, com 26 títulos.

Um desfalque significativo será a jovem Izabela Nicoletti, que lesionou o joelho nos Estados Unidos e perderá toda a temporada universitária. Apesar da baixa, a gerente técnica da equipe, Adriana Santos, falou com otimismo sobre esse período de preparação.

- Estamos muito motivados e ansiosos para o início dessa preparação visando o Sul-Americano, infelizmente, tivemos alguns desfalques por contusões, mas é um grupo muito interessante. Tanto a comissão técnica, quanto as atletas, estão cientes da importância de iniciar bem esse novo ciclo, por isso, vamos trabalhar intensamente até o início da competição - disse.

A pivô Clarissa dos Santos, que atua na França pelo Lyon Asvel, demonstrou confiança em relação à meta traçada pela comissão técnica.

- A expectativa é sempre a melhor, já temos ideia daquilo que temos que construir e o caminho que temos que traçar, mas creio que a meta já esteja definida e agora é trabalhar no dia-a-dia para que consigamos concluir esse objetivo. É pensar em um dia de cada vez, todo mundo junto, em prol de um só resultado - comentou.

Da mesma confiança compartilha Gil Justino, convocada para o lugar da contundida Damiris Dantas. A pivô recém-contratada pelo Vera Cruz Campinas está certa de que ajudará ao máximo o grupo brasileiro.

- Minha convocação não estava prevista, mas diante da ausência da Damiris, que está lesionada, o técnico Carlos Lima me inseriu entre as 16 atletas. Fiquei muito feliz, foi uma grata surpresa e espero corresponder às expectativas, estou indo para somar e tenho certeza que todas as convocadas estão comprometidas em fazer o melhor pela Seleção Brasileira - complementou.

Confira os grupos do Sul-Americano:

Campeonato Sul-Americano Feminino 2018

GRUPO A

GRUPO B

Brasil

Equador

Chile

Colômbia

Paraguai

Argentina

Venezuela

Peru

Os dois melhores colocados de cada grupo avançam às semifinais. O primeiro do grupo A enfrentará o segundo do grupo B, e o primeiro do grupo B, enfrenta o segundo do grupo A. A etapa de treinamento em Campinas (SP) será realizada até o dia 27 de agosto. No dia seguingte, a delegação brasileira segue viagem com destino a Tunja, na Colômbia, sede do Campeonato Sul-Americano. O grupo brasileiro é composto pelas seguintes jogadoras:

Armadoras: Babi Honório (Vera Cruz/Campinas), Lays da Silva (São Bernardo/Instituto Brazolin/Unip) e Tainá Paixão (Las Heras-Argentina)

Alas: Isabela Ramona (Valencia/Espanha), Izabella Sangalli (Club Tomás de Rocamora/Argentina), Jaqueline de Paula (Basketball Santo André/Apaba), Raphaella Monteiro (União Sportiva/Portugal), Tati Pacheco (Sampaio Basquete) e Thayná Silva (São Bernardo/Instituto Brazolin/Unip)

Pivôs: Clarissa dos Santos (Lyon Asvel/França), Érika de Souza (Perfumerías Avenida/Espanha), Kamilla Cardoso (Hamilton Heights/Estados Unidos), Stephanie Soares (ADC Bradesco), Nádia Colhado (Uni Girona/Espanha) e Gil Justino (Vera Cruz/Campinas)