STJD libera Dracena após suspensão automática; Deyverson é denunciado

Como já cumpriu a suspensão automática, ele está livre para atuar no Campeonato Brasileiro.

Edu Dracena disputou 18 partidas nesta temporada - (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Nesta sexta-feira, o zagueiro Edu Dracena foi suspenso por uma partida por jogada violenta na partida contra o Fluminense, que foi a última de Roger Machado como técnico do Palmeiras. O Verdão e o jogador de 37 anos podem recorrer da decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Como já cumpriu a suspensão automática, ele está livre para atuar no Campeonato Brasileiro.

Dracena recebeu cartão vermelho direto após ter atingido Everaldo com um carrinho pelas costas no final do jogo, que terminou em 1 a 0 para os cariocas. Ele foi denunciado por praticar jogada violenta.

“A defesa pede a desclassificação na conduta. Atleta primário e que tenta chegar na bola. Não vou pedir absolvição por ele ter sido expulso com vermelho direto, mas que seja no máximo apenado com a pena de advertência em homenagem a boa conduta disciplinar que ele tem”, disse o advogado Américo Espallargas durante o julgamento.

Além disso, o STJD divulgou a ata da sessão da próxima quarta-feira, dia 15 de agosto. Deyverson foi denunciado pela expulsão na partida contra o Bahia, pela Copa do Brasil, em que ele deu uma cotovelada no lateral Mena em uma disputa de bola. Enquadrado noa artigo 254, o atacante pode pegar gancho de quatro a 12 partidas.