Segurados e pensionistas devem agendar reavaliação no INSS até dia 13

Ao todo, 178 mil beneficiários de auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez foram convocados.

- Foto: EXTRA

Segurados e pensionistas de todo o Brasil que estão na última lista dos convocados pelo INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) têm até esta segunda-feira (13) para entrar em contato com a central de teleatendimento. A não apresentação implica a suspensão de pagamentos de auxílio-doença, aposentadoria por invalidez ou pensão por morte.

Ao todo, 178 mil beneficiários de auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez foram convocados. Não é necessário ir até às agências, pois o agendamento da perícia deve ser feito pelo telefone 135.

Existem duas situações em que o aposentado por invalidez e o pensionista inválido não precisam ser reavaliados pela perícia médica: a de quem já completou 55 anos de idade, desde que estejam recebendo o benefício há mais de 15 anos e, em qualquer situação, e a de quem já completou 60 anos.

A regra não se aplica para quem recebe o acréscimo de 25% sobre o valor do benefício por depender de auxílio de terceiro; para quem quer voltar ao trabalho por entender que já está em condições de trabalhar, e quem for convocado por ordem judicial para fins de curatela.

Às pessoas incapacitadas, a lei assegura atendimento domiciliar e hospitalar pela perícia médica e social do INSS, desde que sejam justificadas as dificuldades de locomoção.

A lista com os nomes desta convocação pode ser conferida neste link