Agosto termina e casos de dengue continuam em queda em MS

Boletim epidemiológico chegou a 34ª semana com diminuição de 8,21% com relação a 2017

- Foto: Pixabay

O boletim epidemiológico semanal da SES (Secretária Estadual de Saúde), divulgado nesta quinta-feira (30), aponta 11 novas notificações de dengue em seis dias e um total de 3911, de janeiro até agora. O número é 8,21% menor, que o mesmo período em 2017, quando 4.261 casos haviam sido comunicados.

A reportagem comparou o levantamento de casos de dengue da 34ª semana de 2018, que seguiu de 19 a 25 de agosto, com dados verificados de 20 a 26 de agosto de 2017.

Neste ano, acompanhamento da SES não registrou mortes pela doença, mas em 2017 três pessoas morreram, em decorrência da doença, nas cidades de Aquidauana, Cassilândia e Camapuã. No ano passado, 6.201 pessoas tiveram dengue e em 2016, 59.874 pessoas foram contaminadas.

O ano de 2017 também terminou com queda de 89% nas notificações de casos de dengue em Mato Grosso do Sul. Mesmo assim, na época, o coordenador de Controle de Endemias Vetoriais da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Eliasze Guimarães, pontuou que as equipes trabalham para evitar um novo risco de epidemia.

A previsão é de os casos volte a aumentar em 2019, levando-se em conta a média histórica na Capital, em que registra grandes números de proliferação da dengue a cada três anos, o último aconteceu em 2016. “Estamos monitorando para que não tenhamos epidemia em 2019”, destaca Eliasze Guimarães.