Com presença do prefeito e militância do PT, João Grandão lança campanha em Sidrolândia

O ato político foi marcado pela forte presença da militância petista e de autoridades políticas da cidade.

Da esquerda para direita, candidato ao governo do Estado Humberto Amaducci, João Grandão, prefeito Marcelo Ascoli e primeira-dama Ana Lídia Ascoli - Fotos: Marcos Tomé/Região News

O deputado estadual João Batista dos Santos, conhecido como João Grandão (PT) lançou oficialmente ontem à noite (12) no salão de eventos Nantes Buffet, sua campanha à reeleição na cidade de Sidrolândia. O ato político foi marcado pela forte presença da militância petista e de autoridades políticas da cidade. 

Prefeito, secretários e a primeira dama do município prestigiaram o evento que contou ainda a presença do ex-prefeito de Mundo Novo e candidato ao Governo do Estado pelo Partido dos Trabalhadores, Humberto Amaducci; Marina R. Nunes Viana, da direção nacional do MST (Movimento dos Sem Terra); Roseli Loubet (esposa do deputado federal, Vander Loubet) e da advogada Giselle Marques, ex-superintendente do Procon no MS, candidata a 2ª suplência na chapa do deputado federal, Zeca do PT, que disputa vaga no Senado Federal. 

Segundo os organizadores, cerca de 250 pessoas lotaram as dependências do salão que tem capacidade para 300 pessoas. O vereador e atual presidente da Câmara, Jean Nazareth (PT) foi o anfitrião; quem organizou e mobilizou a militância, em grande volume, oriundas dos movimentos sociais, dos assentamentos e trabalhadores braçais. 

Num discurso inflamado, Amaducci criticou a prisão do ex-presidente Lula, que segundo ele, é vítima de um golpe orquestrado pela elite brasileira para mantê-lo fora da disputa da Presidência da República. O candidato conclamou a militância ir para o embate político pelo voto em Fernando Haddad. “Somos todos Lula e Lula é Haddad, Haddad é Lula”, conclamou.

Já o candidato João Grandão, lembrou-se de sua história e a ligação de seu mandato com as famílias da agricultura familiar. Detalhou investimentos em Sidrolândia, município que concentra mais de 1% dos assentamentos do País. Disse que vai continuar defendendo os interesses da agricultura familiar e criticou o que chamou de ação orquestrada, para impedi-lo de disputar a reeleição.  

“Venci muitas lutas em minha vida. Venho de família humilde, me formei com muita dificuldade, fui dar aula na universidade e sei das minhas raízes. A verdade sempre triunfa sobre a mentira”, desabafou, sem detalhar o indeferimento pela Justiça Eleitoral de sua candidatura. Segundo o deputado, um recurso já foi protocolado no TRE/MS. 

O petista Jean Nazareth, garantiu que está em campanha para o deputado, na sola da bota, em retribuição as suas ações parlamentares que ajudaram diretamente os pequenos produtores. “São dezenas de resfriadores de leite, patrulha mecanizada, incentivo aos assentamentos e de longe, é o deputado campeão de emendas para Sidrolândia. Muitos que se dizem da cidade, destinaram talvez, menos da metade, dos recursos que o gabinete do deputado disponibilizou a nossa cidade”, finaliza.