Polícia desmonta acampamento de caça e pesca em Miranda

Estrutura montada no local foi desmontada pela Polícia Militar Ambiental.

- Foto: Divulgação/PMA

Durante fiscalização realizada na tarde deste domingo (23), uma equipe da Polícia Militar Ambiental fez o desmonte do acampamento de um grupo de caçadores que estava atuando nas margens do Rio Miranda em uma região conhecida como “arrombado”.  

No local em que foram constatados os crimes ambientais, a estrutura para abrigar os envolvidos que fugiram antes da aproximação da equipe de fiscalização, foi desmontada.  

Os fiscais encontraram 46 anzóis de galho, uma rede de pesca, um molinete com vara, cobertores, uma arapuca que estava armada para captura de animais, um machado, lonas, redes de dormir, colchões, galões plásticos e caixas de isopor. 

Durante a operação, vários pescadores foram fiscalizados. 36 anzóis de galho (petrechos proibidos) que estavam armados no rio foram cortados.