Em 8 horas de votação, só três urnas apresentaram defeito e foram trocadas

Das 101 urnas eletrônicas, só houve necessidade da substituição de 3 por terem apresentado problemas de funcionamento.

João Severiano, chefe cartorário da Justiça Eleitoral. - Foto: Marcos Tomé/Região News

Transcorridas mais de 8 horas de votação, em Sidrolândia a eleição transcorre praticamente sem incidentes. Das 101 urnas eletrônicas, só houve necessidade da substituição de três por terem apresentado problemas de funcionamento. Pela manhã, por volta das 09:30 horas, foi preciso trocar a urna das seções instaladas na Escola Municipal Valério Carlos da Costa, a de número 5 (cinco) exatamente o local onde votou por volta das 9 horas o deputado estadual Enelvo Felini.

O equipamento foi trocado porque uma das teclas do terminal do mesário apresentou problemas. Agora a tarde, por volta das 14:30 horas, foi substituída a urna da seção 72 que funciona na Escola Porfiria do Nascimento, onde votam 327 eleitores.

A cidade recebeu 40 urnas reservas para qualquer eventualidade que exigir troca do equipamento. A última urna que precisou ser trocada foi a da seção 82 que funciona na Escola Cacique Armando Gabriel na Aldeia Córrego do Meio. Ela apresentou erro de HW.

Em algumas seções, onde os eleitores resolveram comparecer às urnas depois do almoço, há registro de filas de espera com pelo menos 50 eleitores. É o caso da seção 23 na Escola Municipal Olinda de Brito de Souza. Curiosamente, os eleitores da seção 83, votaram logo de manhã, quem chega agora não enfrenta fila, vai praticamente de imediato para a cabina de votação.

*Matéria atualizada para acréscimo de informações.