Em Sidrolândia, vitória de Azambuja com 44,36% e Bolsonaro, 47,83%

Governador Reinaldo Azambuja obteve 44,36% dos votos e candidato à Presidência, Jair Bolsonaro obteve 47,83%.

Governador Reinaldo Azambuja e candidato à Presidência Jair Bolsonaro - Fotos: Marcos Tomé/Região News

O governador Reinaldo Azambuja venceu em Sidrolândia com 44,36% dos votos, mas sua votação foi inferior ao do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, que obteve 47,83%.

Tomando como referência 99% dos votos, Azambuja obteve na cidade 8.958 votos; seguido do juiz Odilon de Oliveira com 5.075 (25,36%); do petista Humberto Amaducci, com 3.654 votos (18,10%) provavelmente um dos seus melhores desempenhos no Estado, reflexo do peso dos assentamentos (são mais de 4 mil famílias) que é uma base social ligada ao PT.

O candidato do MDB, Junior Mochi, teve 2.365 votos (11,71%); Marcelo Bluma (PV), garantiu 0,54% (102 votos); João Alfredo (PSOL), obteve 39 votos (0,19%). Ainda foram computados 1.253 votos brancos e 1.675 nulos.

Na disputa pela Presidência, os assentados não ajudaram a garantir a vitória do candidato do PT, Fernando Haddad. Bolsonaro teve 10.749 votos (47,83%); Haddad, 8061 votos (5,93%). Ciro Gomes, do PDT, teve 1.333 votos (5,93%); Geraldo Alckimin (PSDB), 1.231 (5,48%).