Câmara rejeita requerimento e em 72 horas relator conclui parecer sobre contas de Daltro

Ele apresentou sua defesa escrita no último dia 28, mas o entendimento da COF é que o prazo já tinha vencido.

O Ex-prefeito Daltro Fiuza - Foto: Arquivo/Região News

Por 8 votos a 6 a Câmara Municipal rejeitou requerimento que concedia mais 10 dias para o vereador Kenendi Forgiarini, relator do processo, apresentar seu relatório sobre as contas da gestão do ex-prefeito Daltro Fiuza, referente ao exercício de 2008, que tem parecer prévio do Tribunal de Contas pela rejeição.  

Com a decisão, o relator deve entregar em até 72 horas seu parecer para deliberação da Comissão de Orçamentos e Finanças, antes de chegar ao plenário numa sessão específica, em que o ex-prefeito terá oportunidade de apresentar sua defesa oral. Ele apresentou sua defesa escrita no último dia 28, mas o entendimento da COF é que o prazo já tinha vencido. 

O relator pretendia ter mais tempo para analisar todo o processo com cinco volumes, 1.736 páginas de pareceres técnicos, balancetes contábeis, planilhas de cálculos, documentos, fiscais e decisões monocráticas e colegiada. Não conseguiu sensibilizar a maioria do plenário. 

Os três vereadores do MDB, partido do ex-prefeito, receberam o reforço inesperado de três vereadores da base do Governo (Edno Ribas, Kenendi Forgiarini e Otacir Figueiredo), para adiar a apresentação do projeto. Prevaleceu. A vontade da maioria, 8 votos pela derrubada do requerimento, o que antecipa a dificuldade de Fiúza para conseguir os 10 votos necessários para a aprovação das contas de sua gestão, com arquivamento do parecer do TCE/MS.