Em Sidrolândia área cultivada com soja deve ter redução de 5% e já está 40% plantada

Esta área plantada, ainda que reduzida, supera a da safra 2017 (193.650 hectares, produção de 666 mil toneladas).

Em Sidrolândia área cultivada com soja deve ter redução de 5% e já está 40% plantada - Foto: Aprosoja/MS

O plantio da soja em Sidrolândia já atingiu 40% da área cultivada que conforme o último prognóstico do IBGE terá redução de 5%, caindo de 216.196 hectares para 205 mil hectares. Alcançada a produtividade média de 64 sacas por hectare, a produção deve alcançar 787.200 toneladas, menor que a da safra passada, que fechou em 848 mil toneladas. Esta área plantada, ainda que reduzida, supera a da safra 2017 (193.650 hectares, produção de 666 mil toneladas).

A produtividade de 65/ha da safra 2017/2018 foi a segunda maior do estado, superada apenas pela de Antônio João (66,8 sacas). O resultado foi melhor, por exemplo que o de Maracaju (63,95), o município que lidera o ranking de produção no estado.

Segundo o último boletim da Famasul (Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul) de acompanhamento da safra 2018/2019, o plantio em Sidrolândia está um pouco atrasado em relação à média estadual, que registrou o plantio de 54,2% da área prevista para Mato Grosso do Sul, 2,840 milhões/ha, com produção esperada de 10,053 milhões de toneladas. A produtividade média deve manter-se em 59 sacas por hectare.

Vendas

Em Mato Grosso do Sul, a safra 2017/18 de soja apresenta quase 90% do volume comercializado. Na avaliação da analista técnica do Sistema Famasul, Eliamar Oliveira, o avanço nas vendas está associado ao fato de que com mercado aquecido o produtor soube aproveitar bem os preços tendo assim boas oportunidades de negociações.

A soja 2018/19 apresentou média na primeira semana de outubro de R$ 82,61/sc, com alta nominal de 38,3% se comparada ao mesmo período da safra 2017/2018, quando o valor médio foi de R$ 59,73/sc. A diferença notada entre o mesmo período de uma safra a outra se deu em razão do diferente cenário em relação à moeda norte americana, importante fator comercial. Em Sidrolândia a soja está cotada a R$ 78,00.

Ainda segundo Eliamar, o produtor precisa, agora, de cautela. “É preciso focar no plantio e observar o mercado, analisando os custos de produção, para garantir assim bom negócio”.