Dupla morta em troca de tiros com a polícia tentou assaltar Nelsinho Trad

Escondido no mato, terceiro envolvido disparou com pistola que pode ser arma levada de segurança

Arthur e Rodrigo receberam os policiais a tiros, tentaram fugir, mas foram mortos na vegetação de mato alto. - (Foto: 94FM)

A Polícia Civil suspeita que os dois jovens mortos esta noite (25), durante troca de tiros com policiais são os mesmos que assaltaram o motorista do senador eleito Nelson Trad Filho (PTB) em frente a um hotel em Dourados, no último dia 28.

Rodrigo Ferreira Dias, ou “R3” de 19 anos e Arthur Rodrigues Neto, também chamado de “Mizuno” de 18, foram mortos enquanto tentavam fugir em meio a um matagal na região conhecida como “favelinha” do Jardim Estrela Verá, na cidade.

Um terceiro suspeito ainda teria conseguido fugir, conforme revelou o delegado Rodolfo Daltro, titular do SIG (Setor de Investigações Gerais). O trio era ligado ao PCC (Primeiro Comando da Capital) e a polícia não descarta a relação com o assalto ao motorista do senador, devido à forma de atuação dos suspeitos.

Ainda conforme o delegado, durante o tiroteio foram disparados tiros de pistola contra os policiais, possivelmente a mesma roubada do motorista de Nelsinho. No entanto foram apreendidas apenas dois revólveres, aparentemente, calibre 38 que estavam com a dupla.

A suspeita é de que o fugitivo é quem tenha disparado e fugido com a arma durante a ação. “Foram disparados tiros de pistola contra nós e havia um terceiro elemento que fugiu. A região é um local escolhido pela facção justamente pela facilidade de fuga”, explicou Daltro. A Polícia Civil ainda investiga o caso.

Tiroteio e mortes - “R3” e “Mizuno” eram procurados desde o final de semana, quando entre a noite de sexta-feira (19) e a madrugada de sábado (20), pelo menos um dos rapazes participou do roubo de um Corsa Classic. Na ocasião, policiais militares foram surpreendidos a tiros. Desde então a Polícia Civil investigava o caso até descobrirem o paradeiro dos suspeitos, nesta quinta-feira(25).

Hoje eles ainda planejavam roubar dois veículos a mando do PCC, segundo a polícia. Através do trabalho conjunto do SIG com agentes do 3º Batalhão da Polícia Militar, esta noite os policiais encontraram os jovens em um barraco da favela.

A dupla ainda tentou fugir em meio a um matagal na região, houve troca de tiros e os suspeitos morreram na hora.“R3” morava em Dourados enquanto Arthur, o “Mizuno” era de São Paulo.

Assalto - O motorista, de 35 anos, foi rendido pela dupla de assaltantes no momento em que os passageiros, entre eles Nelsinho, desciam da caminhonete, em frente ao hotel. A ação foi flagrada por câmeras de segurança. Enquanto o passageiro da moto saca a arma e anuncia o assalto, o comparsa agarrou o motorista que foi levado para longe do veículo.

Vítima e suspeito lutaram ainda no chão, antes do comparsa armado disparar duas vezes contra as vítimas. Enquanto os ocupantes do carro correm, a dupla volta para perto da caminhonete, sobe na motocicleta e foge, levando a arma do motorista.

Veja o vídeo da ação.