Plantio da nova safra de soja ultrapassa a marca dos 2 milhões de hectares

Estado deve semear neste ciclo 2,840 milhões de hectares com soja; trabalho está mais acelerado no sul e centro do estado, com mais de 72%.

Plantio da safra 2018/2019 atingiu 72% do total previsto para o ciclo — - Foto: Anderson Viegas/G1 MS

Dos 2,840 milhões de hectares que os agricultores de Mato Grosso do Sul deverão plantar com soja na safra 2018/2019, 2,044 milhões de hectares, o equivalente a 72% já foram semeados, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (26), pelo Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA), da Associação dos Produtores da Oleaginosa do estado (Aprosoja/MS) e do Sistema Famasul.

De acordo com o SIGA, o plantio está mais acelerado na região central do estado, com média de 72,5%. Entre os dez municípios da região, a semeadura está mais avançada em Alcinópolis, onde o percentual de áreas cultivadas já atingiu 80%.

O trabalho está muito próximo do patamar da região central no sul do estado, onde a média é de 72,2%. Dos 30 municípios da região, os produtores de Laguna e Mundo Novo estão com percentuais de 90% de áreas semeadas e outras oito cidades: Amambai, Antônio João, Batayporã, Eldorado, Iguatemi, Maracaju, Sete Quedas e Tacuru, já atingiram o índice médio de mais de 80%.

O plantio segue em ritmo menor no centro do estado, onde a média é de 57%.

O novo levantamento do SIGA reafirmou as estimativas de produção que vem sendo feitas desde o início do plantio. Aumento de 4,9% na área cultivada, de 2,700 milhões de hectares para 2,840 milhões de hectares, e de que a produtividade fique em torno das 59 sacas por hectare. Com essa área plantada e esse rendimento, a previsão é que a produção cresça 4,6% frente a temporada passada, de 9,584 milhões de toneladas para 10,053 milhões de toneladas.