Golpista se passa por funcionário de banco e faz compras e saques em conta de idosa

Esta já é a segunda idosa em pouco mais de um mês que é vítima do mesmo tipo de golpe.

A idosa de 64 anos acabou perdendo mais de R$ 3 mil - Foto: Marcos Ermínio

Estelionatários fizeram mais uma vítima no golpe do cartão de crédito. Desta vez uma idosa de 64 anos acabou perdendo mais de R$ 3 mil ao passar dados de seu cartão de crédito para um suposto funcionário de uma agência bancária. O crime aconteceu na tarde dessa sexta-feira (9).

Segundo informações do boletim de ocorrência, a idosa recebeu uma ligação em sua casa, de uma pessoa que se identificava como funcionário do banco e informou que que estava entrando em contato para confirmar uma compra efetuada no shopping da cidade de Prudente.

Ao negar que teria feito a compra, o suposto funcionário solicitou várias informações pessoais incluindo a senha bancária, para que fosse realizada uma auditoria em sua conta corrente.

O golpista disse para a idosa que um motoboy iria até sua casa para pegar o cartão da conta corrente e a instruiu escrever uma carta de próprio punho, autorizando o banco e a Polícia Civil, realizarem a referida auditoria em sua conta.

Vinte minutos após entregar seu cartão, a vítima suspeitou se tratar de um golpe e então ligou para seu irmão, que é bancário e lhe relatou o ocorrido, foi quando ele checou a conta dela e verificou que haviam realizado diversos pagamentos e um saque, totalizando R$ 3.092,44 (três mil e noventa e dois reais e quarenta e quatro centavos).

Esta já é a segunda idosa em pouco mais de um mês que é vítima do mesmo tipo de golpe em Campo Grande. Ambos os casos foram registrados como estelionato.