Motorista receberia R$ 10 mil para levar de carga com 1t de maconha ao PR

Homem de 30 anos disse que passava por dificuldades financeiras.

Droga apreendida tinha até selo de exportação. - - Foto: Adilson

A Polícia Militar Rodoviária prendeu no final da tarde de ontem, na rodovia MS-276, em Dourados, Wellington Francisco Tomé, de 30 anos. Ele dirigia uma carreta carregada com aproximadamente uma tonelada de maconha com destino ao Paraná. Pelo serviço, seria recompensado com R$ 10 mil.

Segundo a polícia, durante fiscalização, os policiais perceberam fundo falso no compartimento de cargas do veículo e decidiram realizar abordagem. Durante a verificação, os militares encontraram os centenas de tabletes que continham marcações distintas, caracterizando consórcio do tráfico.

O consórcio consiste em um grupo de criminosos que encomenda a droga, dividindo os custos de operações logísticas e minimizando prejuízos em caso de apreensão. Morador em Florestópolis (PR), Wellington disse que passava por dificuldades financeiras e aceitou a tarefa de levar a carga de Dourados a Londrina (PR).