LeBron retribui carinho em Cleveland: "Eu admiro esses fãs até mais do que eles me admiram"

A cada cesta, aplausos e gritos de apoio. E no fim, a vitória com a pontuação de cestinha da partida.

- Foto: David Richard-USA TODAY Sports

LeBron James nunca se sentiu tão em casa jogando como visitante em uma partida da NBA. Na vitória dos Lakers pra cima dos Cavaliers, o camisa 23, hoje do time de Los Angeles, assistiu a homenagem com vídeo no telão da arena, e foi recebido com aplausos e cartazes de apoio naquela que foi sua casa por 11 temporadas. 

O craque é filho da terra, nasceu em Akron, cidadezinha ao lado da capital de Ohio, Cleveland, e aproveitou a partida para ir com sua esposa à casa que eles têm na região, além de visitar a escola que sua família fundou. No entanto, LeBron evita falar em saudades e procura organizar sua trajetória como fases independentes, umas das outras. 

- Já me senti diferente na hora em que aterrizamos aqui, ontem. Hoje sou uma pessoa diferente, somos todos diferentes agora, crescendo, com pontos bom e ruins. Mas sempre procuro focar no presente e ver o que vai acontecer no futuro. Eu fui em minha casa hoje. Fiquei um tempo lá, tirei um cochilo, me senti muito bem lá. E o dia já começou bem porque fui com minha família à escola. Vi minha garotada e foi bem legal andar por lá. E sou muito abençoado e grato por chegar aqui e ter essa recepção dos fãs. Foram 11 anos jogando aqui, e só quero ser o melhor jogador que posso ser, o melhor líder que posso ser, me tornar um exemplo para essa franquia e eles demonstraram a mim gratidão. E sim, ter meus amigos e familiares por perto foi um grande momento. 

Para a partida contra seu ex-time, a expectativa era em relação a receptividade da torcida que o vaiou em 2010, quando LeBron jogou a primeira vez pelo Miami Heat contra o Cleveland. Dessa vez, quase oito anos depois, a recepção não poderia ser melhor. Na chegada à quadra, a torcida veio abaixo. A cada cesta, aplausos e gritos de apoio. E no fim, a vitória com a pontuação de cestinha da partida. 

- Eu admiro esses fãs até mais do que eles me admiram. Eles me apoiaram muito, mas não somente a mim, mas como todos os meus companheiros por esses 11 anos também, especialmente por esses últimos 4 anos em que estivemos em finais. 

Curiosamente, a noite em que LeBron revisitou sua antiga arena foi a véspera do Dia de Ação de Graça, principal feriado nos Estados Unidos, quando as pessoas são motivadas a agradecer o que tem e o que conquistaram. Na ocasião, King James recebeu agradecimentos e também agradeceu. Já nesta quinta-feira, é chegada a hora de comer a tradicional refeição do Thanksgiving (Dia de Ação de Graça), e como a família James está em sua cidade natal, a festa será mesmo em Cleveland, mas sem exageros, segundo LeBron. 

- Minha esposa fez uma torta incrível de cereja. E também sei que ela preparou um "macaroni and cheese", mas avisei pra ela não forçar muito; sem batatas fritas. Mas claro, vai ser um dia bem divertido, vamos aproveitar sim – responde com sorriso no rosto, LeBron que não terá jogo nesta quinta-feira.