Mulher mata ex-marido enforcado e se entrega três dias depois

Eleomilda matou o ex com um cadarço e disse que achou que ele apenas tinha desmaiado.

O corpo foi encontrado já em estado de decomposição, caído na sala da casa. - Foto: Olimar Gamarra/Rio Brilhante em Tempo Real

Eleomilda Rodrigues de Oliveira, 31 anos, acionou a polícia na tarde deste sábado (24), para se entregar por ter matado o ex-marido Alaor Barbosa, 35, enforcado, três dias antes na casa da vítima no bairro Benedito Rondon, em Rio Brilhante.

Conforme informações do site Rio Brilhante em Tempo Real, Eleomilda contou à polícia que os dois estavam em processo de separação de um relacionamento de dez anos que sempre foi conturbado e marcado por agressões de ambas as partes, inclusive com registros de boletins de ocorrência.

No dia do crime, ela foi até a casa dele e eles tiveram um desentendimento, momento em que, segundo ela, foi agredida, pegou o cadarço que estava amarrado em seu cabelo e enforcou o ex-marido, que estaria em cima dela. Depois de desacorda-lo, ela foi embora.

A autora contou ainda que sempre que os dois brigavam, Alaor a procurava no outro dia, no entanto, sem tentar contato ou retornar suas ligações, ela decidiu voltar até a casa e encontrou o corpo já em decomposição.

A mulher então acionou a Polícia Militar e disse aos militares que quando saiu da casa, pensou que apenas tinha desmaiado o ex-marido e que só soube da morte quando o encontrou. Eleomilda foi levada até a delegacia do município, onde prestou depoimento e foi liberada. Inicialmente, ela deve responder por homicídio simples.