Gripe faz duas novas vítimas e número de mortes sobe para 33 em MS

A Capital sul-mato-grossense concentra mais da metade dos óbitos pela doença.

- Foto: Divulgação

Em um mês, duas pessoas morreram por gripe em Mato Grosso do Sul, de acordo com boletim epidemiológico divulgado ontem pela Secretaria Estadual de Saúde. Com a confirmação dos novos casos, Estado soma 33 vítimas da doença no ano.

Conforme o boletim, as novas mortes foram por Influenza A H3N2 e por Influenza A não subtipado, com as ambas as vítimas de Campo Grande.

A Capital sul-mato-grossense concentra mais da metade dos óbitos pela doença. De janeiro até ontem, foram 21 mortes em Campo Grande, sendo cinco por Influenza A H1N1, oito por Influenza H3N2 sazonal, quatro por Influenza B e três por Influenza não subtipado.

Também foram registradas mortes por gripe em outros municípios, sendo são duas vítimas em Naviraí, duas em Costa Rica, duas em Coxim, e uma nos municípios de Alcinópolis, Aquidauana, Chapadão do Sul, Dourados, Nioaque e Três Lagoas.

No ano, foram notificados 1.020 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, sendo confirmados 149 deles como Influenza.

Em todo o ano passado, seis pessoas morreram vítimas do vírus Influenza no Estado.