Pedro Munhoz acelera o ritmo contra Bryan Caraway e vence por nocaute técnico

Em confronto eletrizante, paulista, emplaca a segunda vitória consecutiva.

Pedro Munhoz abre o sorriso ao ser aclamado vencedor - Foto: Getty Images

Pedro Munhoz venceu Bryan Caraway por nocaute técnico aos 2m39s do primeiro round, no card principal do TUF 28 Finale, sediado em Las Vegas (EUA). O peso-galo brasileiro não se intimidou na trocação franca com o americano, conectou golpes capazes de deixar o oponente com o reflexo prejudicado e, portanto, mais lento às reações.

- Eu estava esperando um oponente muito difícil, mas estou aqui para dominar. Eu ouvi meus treinadores dizerem para acertar golpes no corpo, comecei a trabalhar golpes no corpo dele até conseguir o nocaute.

Esta foi a terceira luta de Munhoz em 2018. Ele iniciou o ano perdendo para John Dodson, mas se recuperou ao vencer Brett Johns, e, agora, Caraway. O americano atravessa fase inversa: sofreu dois reveses em sequência.

A luta

Quando a luta começou, Bryan Caraway e Pedro Munhoz despejaram um ritmo eletrizante - ambos foram para a trocação, sem cerimônia. O americano, que antes da metade da parcial já apresentava um corte no olho esquerdo, grudou para tentar a queda, bem defendida pelo brasileiro. Os golpes de Mnhoz foram acertando o corpo e o rosto de Caraway, que arrefeceu e ficou mais lento tanto para atacar, quanto para se defender. Foi, então, questão de tempo para o paulista apertar o ritmo, castigar no solo e obrigar o árbitro a interromper o confronto.

Juan Espino despacha Frazier e fatura título do TUF

Integrante da equipe liderada por Robert Whittaker, no TUF 28, Juan Espino finalizou Justin Frazier com uma americana, aos 3m36s do primeiro round e se sagrou campeão da última temporada do reality show. O peso-pesado - da academia American Top Team - assegurou o contrato com o Ultimate.

Juan Espino é o primeiro lutador espanhol a vencer no UFC, após derrotas de Alberto Cerro León, Enrique Marín e Abner Lloveras.

Macy Chiasson finaliza e é campeã do TUF 28

Macy Chiasson, que venceu o primeiro round da luta, ficou perto de ser finalizada na etapa seguinte, quando Pannie Kianzad encaixou a chave de braço. A defesa foi bem feita - e a falta de habilidade no chão custou caro. Chiasson, logo após escapar da submissão, pegou as costas da sueca e, com um esgana-galo, aos 2m11s e garantiu não só o troféu, como o contrato com o Ultimate.

- Eu pensei, ela vai ter que quebrar o braço, porque não vim até aqui pra sair assim. Ela já tinha feito isso várias vezes na casa, mas sabia que não ia perder hoje - disse Macy Chiasson, integrante do Team Gastelum, bem como sua rival.

Shahbazyan venceu Darren Stewart nos pontos

Edmen Shahbazyan venceu Darren Stewart por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28), em confronto pelo peso-médio. O americano, que segue invicto em oito duelos na carreira, porém, pela primeira vez levou a melhor na decisão - ele havia acumulado sete nocautes no round inicial.

Irmã de Valentina Shevchenko, Antonina vence nos pontos

Sob os gritos de incentivo e as orientações da irmã, Valentina Shevchenko, Antonina estreou no Ultimate com o pé direito. A atleta controlou os três rounds diante de Ji Yeon Kim e venceu por decisão unânime (triplo 30-27). "Pantera" soma sete vitórias - cinco por pontos -, enquanto a corena, que havia vencido seus dois compromissos em 2018, perde pela primeira vez no ano.

RESULTADOS COMPLETOS:
CARD PRINCIPAL

Kamaru Usman venceu Rafael dos Anjos por pontos (50-43, 49-45 e 48-47) 
Juan Espino venceu Justin Frazier por finalização aos 3m36s do R1
Macy Chiasson venceu Pannie Kianzad por finalização aos 2m11s do R2
Pedro Munhoz venceu Bryan Caraway por nocaute técnico aos 2m39s do R1
Edmen Shahbazyan venceu Darren Stewart por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Antonina Shevchenko venceu Ji Yeon Kim por decisão unânime (triplo 30-27)

CARD PRELIMINAR:

Kevin Aguilar venceu Rick Glenn por decisão unânime (triplo 30-27)
Joseph Benavidez venceu Alex Perez por nocaute técnico aos 4m19s do R1
Maurice Greene venceu Michel Batista por finalização aos 2m14s do R1
Leah Letson venceu Julija Stoliarenko por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Roosevelt Roberts venceu Darrell Horcher por finalização aos 4m50s do R1
Tim Means venceu Ricky Rainey por nocaute técnico a 1m18s do R1
Raoni Barcelos venceu Chris Gutierrez por finalização aos 4m12s do R2