Piloto que morreu em queda de avião tinha 23 anos

Ele foi identificado como Gustavo Henrique da Silva; circunstâncias do acidente ainda serão apuradas

Morador da região encontrou o avião caído em área pantanosa e acionou a polícia - - Foto: Divulgação Polícia Civil

O piloto da aeronave que caiu em Naviraí, há pelo menos dois dias, foi identificado como Gustavo Henrique da Silva, de 23 anos, e era de Goiânia. Ele foi encontrado morto, hoje, com os destroços do avião. 

Conforme o delegado regional da Polícia Civil, Claudinei Galinari, a história ainda será apurada, porém o proprietário da aeronave, uma RV10 Experimental de Prefixo PP-ZDS, se chama Tiago Ferreira dos Santos, e é também de Goiânia (GO). 

Segundo Tiago relatou à polícia, o avião foi emprestado ao piloto, Gustavo, para ele ir até Guairá, no Paraná, buscar um motor.

Após a queda, o avião teria sido localizado no Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema, em Naviraí. "O proprietário mandou dois cidadãos para buscarem o avião. Eles constataram que a aeronave estava caída e o piloto estava morto. Mandaram fotos para o proprietário, e não comunicaram a polícia. Isso foi estranho, e será apurado", afirmou o delegado Galinari.

O CASO

A Polícia Civil de Naviraí começou a investigar a queda de um avião hoje, após o alerta de um morador avistou a aeronave. A informação é de que o suposto acidente aconteceu há pelo menos dois dias (29 de novembro).

Segundo perícia preliminar, pelo menos mais três pessoas estavam no avião, no momento da queda, porém só o piloto foi encontrado. Os outros ocupantes podem ter fugido, sem prestar socorro ao piloto.