Vasco analisa situação de Alberto Valentim e coloca Abel Braga no radar

Diretoria inicia reuniões nesta semana para traçar planejamento de 2019

Abel Braga ainda na época em que comandou o Fluminense: técnico é desejo antigo do Vasco - Foto: Maílson Santana/Fluminense FC

Um velho sonho de consumo do Vasco voltou à pauta neste fim de ano: Abel Braga. Amigo pessoal do presidente Alexandre Campello, o técnico está no radar do clube para 2019. 

Nesta semana, a diretoria iniciará reuniões para traçar o planejamento da próxima temporada. Um dos assuntos será a avaliação do trabalho de Alberto Valentim. 

Abel é amigo de longa data de Campello e ainda mantém contato frequente com o presidente. Em agosto, após a demissão de Jorginho, foi procurado pelo dirigente, mas manteve a postura de só trabalhar em 2019. 

A concorrência, porém, é pesada: Flamengo e Santos também têm interesse no treinador e estão dispostos a bancar o alto salário de Abel e sua comissão. 

Valentim é avaliado 

O trabalho de Valentim foi elogiado pelo diretor de futebol, Alexandre Faria, após o empate com o Ceará. Os números, porém, são abaixo do esperado: 18 jogos, quatro vitórias, sete empates e oito derrotas. Em sua defesa, há os problemas das lesões, que o impediram de ter o elenco completo à disposição durante todo o Brasileirão. 

- Meus números são baixos. Isso me incomoda. Começamos mal, com perda de jogadores. Atrapalhou muito. Tive que improvisar muito. Mas o time criou identidade e padrão - disse o técnico. 

Valentim tem contrato com o Vasco até dezembro de 2019.