Atlético-PR e Jr Barranquilla buscam título para se firmar entre os grandes de Brasil e Colômbia

Atlético-PR tenta se firmar entre os 13 grandes do Brasil.

- Foto: Arte/GloboEsporte.com

Atlético-PR e Junior Barranquilla encaram a decisão da Copa Sul-Americana como a chance para que um deles mude de patamar no futebol brasileiro e colombiano. O Furacão tenta se firmar entre os 13 grandes do Brasil; o Junior também tenta dar um salto na Colômbia. 

O jogo de ida será nesta quarta, às 22h45, no Estádio Metropolitano. O Atlético-PR tem um título grande (o Brasileirão-2001). Uma Sul-Americana firmaria ele entre os 13 grandes (Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Santos, Botafogo, Fla, Flu, Vasco, Grêmio, Inter, Galo e Cruzeiro). O técnico Tiago Nunes fala sobre a chance de o Furacão virar um "clube internacional". 

- É a oportunidade que o Atlético tem para conseguir uma grande conquista internacional, de colocar onde o Atlético realmente merece. Deu na trave na Libertadores, é campeão brasileiro, tem muita história, tem torcida, estrutura. É o passo que falta para se consolidar em um nível maior - falou Tiago Nunes em coletiva na terça-feira. 

O Junior é "apenas" o sexto clube com mais títulos na Colômbia - são sete conquistas nacionais. Os Tubarões estão atrás de Atlético Nacional (16 colombianos e duas Libertadores), Millonarios (15 colombianos), América de Cali (13 colombianos), Santa Fé (nove colombianos e uma Sul-Americana) e Deportivo Cali (nove) no quesito troféus. 

- Estamos colocando o clube num patamar internacional, o que nunca tinha ocorrido. Já estamos garantidos na Sul-Americana, podemos nos classificar pra libertadores, nao tivemos problemas de brigar pelo rebaixamento. O que mais podemos pedir? - afirmou Julio Comesaña. 

O provável Atlético-PR conta com Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Lucho González, Bruno Guimarães e Raphael Veiga; Marcelo, Nikão e Pablo. 

Já o Junior deve ter Sebastián Viera; Piedrahita, Jefferson Gómez, Rafael Pérez, Germán Gutiérrez; Luis Narváez, James Sánchez, Víctor Cantillo; Jarlan Barrera; Luis Díaz e Yony González. 

A TV Globo transmite para o Paraná (pela RPC, com Cleber Machado, Caio Ribeiro e Cristian Toledo), e o SporTV, para todo o país (com Gustavo Villani e Paulo Cesar Vasconcellos). 

Diego Haro (PER) apita Junior Barranquilla x Atlético-PR, com Jonny Bossio (PER) e Victor Raez (PER) nas bandeiras. Carlos Orbe (EQU) será o quarto árbitro, e Gery Vargas (BOL), o principal responsável pelo VAR.