Alô, Tite! Gabriel Jesus marca duas vezes em fim de semana de falha de Alisson

O atacante faz dois gols na vitória do City sobre o Everton.

Gabriel Jesus - Foto: REUTERS/Andrew Yates

Gabriel Jesus marcou e voltou a sorrir. Desde agosto sem marcar pelo Manchester City, o jogador fez dois nos 3 a 1 sobre o Everton, de Richarlison. Os atacantes da Seleção foram maior exemplo da gangorra do futebol nesse último fim de semana. 

O goleiro Alisson venceu com o Liverpool também por 3 a 1 - no resultado que culminou na demissão de José Mourinho do Manchester United. Mas amargou falha em lance de adversário recente e de más lembranças. O belga Lukaku cruzou da esquerda e Alisson, sem conseguir encaixar, soltou a bola nos pés de Lingard. 

Fabinho vai bem 

Para sorte de Alisson, Mané e cia estavam inspirados. O primeiro gol do senegalês, por sinal, saiu em participação de um brasileiro que apareceu nas últimas listas de Tite: Fabinho. O camisa 3 dos Reds levantou a cabeça e passou com perfeição para Mané dominar no peito e fuzilar para o gol. 

Fabinho, inclusive, foi eleito o melhor jogador da partida em votação no Twitter do Liverpool. Ao GloboEsporte.com, ele comentou a atuação e mostrou esperança em seguir na Seleção. Foi a primeira assistência em 13 partidas pelo novo clube do ex-jogador do Mônaco. 

Destaque no “Radar” da semana passada, Felipe Anderson voltou a mostrar serviço pelo West Ham. Participou dos dois gols da equipe na quarta vitória consecutiva na Liga Inglesa - 2 a 0 contra o Fulham. 

Richarlison perde chances 

Na vitória por 3 a 1 do City sobre o Everton, Ederson e Fernandinho, que tem a promessa de voltar à Seleção com Tite, foram titulares. Se Jesus foi muito bem, com dois gols, Richarlison não viveu jornada feliz. O técnico português Marco Silva lamentou as chances desperdiçadas pelo jovem brasileiro, um dos destaques da temporada do Everton. 

Na Espanha, Arthur começou no banco, mas entrou bem na goleada por 5 a 0 do Barcelona sobre o Levante. Philippe Coutinho entrou no finzinho em substituição ao chileno Vidal, mas, com menos de 15 minutos para o fim da partida, pouco fez. No meio da semana, os dois foram titulares no empate por 1 a 1 com o Tottenham pela Liga dos Campeões. 

Miranda e Douglas Costa no banco 

Em constantes convocações de Tite, o zagueiro Miranda e o atacante Douglas Costa assistiram do banco às vitórias dos seus times, a Internazionale e da Juventus - 1 a 0 sobre o Cagliari e diante da Udineses, respectivamente. 

Em Madri, Marcelo jogou na vitória do Real sobre o Rayo Vallecano. Filipe Luis foi substituído no segundo tempo nos 3 a 2 sobre o Real Valladolid.