Modric é eleito melhor do mundo em 2018 por jornal inglês, à frente de Cristiano Ronaldo

"The Guardian" divulga top 10 de sua tradicional lista, indicando Messi na terceira colocação.

Luka Modrić - Foto: Reprodução

Ganhador dos prêmios Fifa The Best e Bola de Ouro, Modric fechou 2018 vencendo mais uma eleição de melhor jogador do mundo. O croata foi o primeiro colocado da tradicional lista do jornal inglês "The Guardian", que faz uma relação anual dos atletas com melhor desempenho no futebol mundo afora. O camisa 10 superou Cristiano Ronaldo, que ficou na segunda colocação.

Desprestigiado em premiações como a da Fifa, na qual ficou em quinto, Messi aparece no terceiro lugar do ranking do "Guardian", à frente de Mbappé, quarto, e Salah, quinto. Fecham o top 10 Griezmann, Hazard, De Bruyne, Harry Kane e Kanté. O primeiro brasileiro da lista é Neymar, que aparece na 11ª colocação - caindo oito posições com relação a 2017.

É a primeira vez em seis anos que o jornal inglês concede o primeiro lugar do ranking a um jogador que não seja Messi ou Cristiano Ronaldo. O croata teve 8552 pontos, com vantagem de 246 para o português e 284 pontos de distância para Messi. Segundo o "Guardian", todos os 225 julgadores colocaram Modric entre os 40 melhores jogadores de 2018, e 79 indicaram o croata como melhor do mundo.

No total, 35% dos jurados colocaram o croata no topo da lista, enquanto Messi teve 21% dos votos para primeiro lugar, superando Cristiano Ronaldo, que teve 15%. Um total de 275 jogadores receberam votos como os melhores 40 jogadores do mundo, e 155 receberam a pontução mínima para serem considerados qualificados para a premiação.

O brasileiro Allan, por exemplo, ficou na 101ª colocação, com 116 pontos, seguido por Douglas Costa, 102º, com 115 pontos. O jornalista Marcus Christenson apontou que atletas como Jadon Sancho, do Borussia Dortmund, 103º, e Arthur, do Barcelona, 110º colocado, são nomes que devem aparecer no top 100 a partir do ano que vem.

Top 10 do "The Guardian"

Modric - Real Madrid e Croácia

Cristiano Ronaldo - Real Madrid/Juventus e Portugal

Messi - Barcelona e Argentina

Mbappé - PSG e França

Salah - Liverpool e Egito

Griezmann - Atlético de Madrid e França

Hazard - Chelsea e Bélgica

De Bruyne - Manchester City e Bélgica

Harry Kane - Tottenham e Inglaterra

Kanté - Chelsea e França

Brasileiros na lista:

  1. Neymar - PSG
  2. Marcelo - Real Madrid
  3. Firmino - Liverpool
  4. Coutinho - Barcelona
  5. Casemiro - Real Madrid
  6. Alisson - Liverpool
  7. Ederson - Manchester City
  8. Fernandinho - Manchester City
  9. Thiago Silva - PSG
  10. Gabriel Jesus - Manchester City

Brasileiros que ficaram fora do Top 100

  1. Allan - Napoli
  2. Douglas Costa - Juventus
  3. Arthur - Barcelona
  4. Richarlison - Everton
  5. Daniel Alves - PSG
  6. Alex Sandro - Juventus
  7. Dudu - Palmeiras
  8. Éverton - Grêmio
  9. Paulinho - Guangzhou Evergrande