Apreensões de cigarros em 2018 aumentam mais de 300%

No comparativo com 2017, ano passado fechou com 4.803.660 maços do produto.

Apreensão de cigarro - Foto: Divulgação/PMR

Divulgado nesta quinta-feira (3/1), pela PMR (Polícia Militar Rodoviária), o balanço das apreensões de cigarros e o índice de acidentes registradas em 2018, que apontou um aumento de 365,44% no número de maços de cigarros contrabandeados apreendidos em Mato Grosso do Sul.

No comparativo com 2017, ano passado fechou com 4.803.660 maços do produto, enquanto em 2017 foram 1.314.470.

Pneus contrabandeados também tiveram aumento significativo. No ano retrasado [2017] foram 315 unidades apreendidas, já em 2018, foram 2.082, um aumento de 660,95%.

Outro crime que teve forte enfrentamento foi o tráfico de arma de fogo. Foram 44 armas apreendidas em 2018 contra 13 em 2017, aumento de 338,46%. Dentre eles fuzis e pistolas de calibres restritos, de uso exclusivo das forças armadas e policiais. Ainda foram apreendidas 8.556 munições de vários calibres.

Já em relação ao tráfico de drogas, houve queda nos números. Foram apreendidas 66,87 toneladas de ilícitos, uma redução, de acordo com o balanço, de 23,3%.

Veículos produtos de roubo ou furto recuperados totalizaram 110.

Trânsito

Já na atividade de trânsito houve um aumento na fiscalização, pois foram produzidos 16.542 autos de infração em 2018, 3.914 a mais que em 2017, um crescimento na ordem de 23,66 % considerando os números de autuações de trânsito em todo o estado.

Os números de acidentes também diminuíram foram 508 em 2018, contra 604 em 2017, redução na ordem de 15,9 %. O número de vítimas fatais também registrou uma pequena redução foram 105 em 2017, e agora 101, redução de 3,8 %.

O número de vítimas graves teve leve aumento de 6,6% ao todo 9 vítimas graves a mais que em 2017.

O número de documentos recolhidos pelo PMR também aumentou foram ao todo 4.467 documentos (CNH e CLA) quase mil a mais do que em 2017 quando se recolheu 3.554.