Produção de veículos tem alta de 6,7% no Brasil em 2018, diz Anfavea

No total, foram feitos 2,8 milhões de carros, caminhões e ônibus no ano, contra 2,6 milhões em 2017.

Produção de veículos no Brasil — - Foto: Fabian Bimmer/Reuters

A produção de veículos no Brasil fechou com alta de 6,7% em 2018, informou nesta terça-feira (8) a associação das montadoras (Anfavea). No total, foram feitos 2.880.724 carros, caminhões e ônibus no ano, contra 2.699.167 veículos em 2017.

Depois de passar por 3 anos seguidos de queda na produção de veículos, a indústria brasileira alcançou crescimento pelo 2º ano consecutivo, mas foi afetada negativamente pela queda nas exportações.

"As exportações atrapalharam a produção. Se a meta de exportação fosse cumprida, teríamos alcançado número de produçao acima de 3 milhões, como previsto", afirmou Antonio Megale, presidente da Anfavea.

 

 

Crise na Argentina afeta produção

Apesar do desempenho positivo em 2018, a produção acabou com um crescimento abaixo do visto nos emplacamentos, que subiram 14,6% no ano passado.

A alta inferior comparada a 2017 foi afetada pelas exportações, que caíram 17,9% em 2018. De janeiro a dezembro de 2018, as montadoras brasileiras enviaram 629.175 veículos ao exterior, enquanto no mesmo período de 2017, melhor ano da história para os embarques, o número foi de 766.013.

"A exportação continua muito fraca, com uma queda de 48% em dezembro ante dezembro de 2017. Nosso principal parceiro, a Argentina, ainda deve apresentar problemas, seu mercado está caindo, fechou o ano abaixo de 800 mil unidades e a previsão era acima de 1 milhão", disse Antonio Megale, presidente da Anfavea.

No início de 2018, a Anfavea previa um crescimento total de 13,2% para a produção, mas acabou alcançando alta de 6,7%.
 
 

Ano fecha em baixa

Analisando apenas o mês de dezembro, a indústria produziu 177.700 veículos, o que representa queda de 16,8% em relação com o mesmo mês de 2017, quando 213.707 unidades foram feitas. Ao comparar com novembro, que alcançou patamar de 244.771 veículos, a queda foi de 27,4%

Empregos

As montadoras terminaram dezembro com o total de 130.451 empregados nas fábricas, mantendo-se praticamente estável, com leve redução de 0,6%, em comparação a novembro, quando 131.254 pessoas eram empregadas.

No entanto, em relação a dezembro de 2017, houve alta de 1,7%. Na época, 128.275 postos estavam ocupados na indústria.

Previsões para 2019

Para este ano, a Anfavea projeta um crescimento de 9% para a produção de veículos no Brasil, ultrapassando a barreira de 3 milhões de unidades – 3,140 milhões, no total. Em emplacamentos, o crescimento esperado é maior, com alta de 11,4% e 2,860 milhões de veículos.

Novamente, a alta na produção deve ser menor devido às exportações, que devem chegar a 590 mil unidades em 2019, prevê a entidade, o que representará baixa de 6,2%.