Flamengo e Cruzeiro se entendem no Uruguai e encaminham transferência de Arrascaeta

Rubro-Negro decide comprar 75% dos direitos econômicos do uruguaio, resta só acordo com empresários.

- Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

A negociação envolvendo Flamengo, Cruzeiro e Arrascaeta se encaminha para seus capítulos finais. As partes voltaram a se reunir em Montevidéu nesta terça-feira, e os clubes, enfim, entraram em um consenso para o meia uruguaio vestir a camisa rubro-negra pelos próximos cinco anos. Resta só o acerto com os empresários do jogador, o ex-atacante Daniel Fonseca e Javier Manzo, para o desfecho.

O site apurou que o Flamengo decidiu aumentar o percentual de compra para 75% do meia uruguaio, de 24 anos, e não vai mais herdar a dívida de aproximadamente € 4 milhões (R$ 17 milhões) do Cruzeiro com os clubes Defensor e Atenas, da época da contratação em 2015. Os valores giram em torno de € 15 milhões (cerca de R$ 63,7 milhões) e mais comissões.

Os últimos detalhes da negociação estão sendo concluídos em Montevidéu. Na capital uruguaia estão Bruno Spindel, CEO do Flamengo, o agente André Cury, representante do Cruzeiro, além de Arrascaeta e seu staff. Mais um encontro está previsto para a noite desta terça, e os empresários terão que se acertar com os clubes uruguaios, que ainda manterão 25% dos direitos do jogador.

A entrada de André Cury nas tratativas foi fundamental para o desenrolar do negócio. O agente, que ajudou a levar Arrascaeta para o Cruzeiro em 2015, tem uma carta de prioridade para negociar o jogador. A Raposa poderia ter problemas caso o empresário não fosse envolvido. Além disso, após os ataques públicos de Itair Machado ao Flamengo e a Daniel Fonseca, as duas partes estavam incomodadas com o dirigente celeste, e Cury aparou as arestas.

Caso não haja nenhum novo impasse, Flamengo e Cruzeiro vão concluir a negociação no máximo até quarta-feira. O clube espera anunciar o uruguaio ainda nesta semana.

A novela

No dia 3 de janeiro, Arrascaeta desembarcou em Belo Horizonte para se reapresentar ao Cruzeiro. Segundo Itair Machado, durante a reapresentação do elenco, o empresário de Arrascaeta, Daniel Fonseca, foi à Toca da Raposa com a proposta do Flamengo em mãos por 50% dos direitos do jogador - 25% pertence ao Cruzeiro e os outros 25% pertencem ao investidor. O jogador participou do início da reunião, mas logo deixou o CT, sem se reapresentar com o restante do elenco. A direção do Cruzeiro não gostou da postura do meia e de seu agente.

Desde então, Arrascaeta não participou das atividades com o elenco. O clube anunciou que irá multar o atleta pelas faltas diárias. Depois do litígio na última quinta-feira, o empresário que trabalha com Arrascaeta não mais manteve contato com a diretoria do Cruzeiro.

Os outros capítulos da novela Arrascaeta:

O Cruzeiro admitiu que aceita negociar Arrascaeta e estipulou preço para fechar uma negociação com o Flamengo, mas com a condição que ele retorne primeiramente aos treinos na Toca da Raposa. No dia 7, o clube confirmou que notificou o Flamengo por aliciamento na CBF e na Fifa, e que prepara uma ação contra o clube carioca na Fifa.

A multa rescisória para tirar Arrascaeta do Cruzeiro é de 80 milhões de euros (R$ 330 milhões na cotação atual), segundo Itair Machado, em entrevista ao canal Fox Sports. No entanto, o dirigente afirma que libera o jogador, caso o clube mineiro receba 10 milhões de euros (R$ 43 milhões aproximadamente) líquidos pela negociação.