Detento morto por outros 11 em MS estaria 'contando muita vantagem' e teve o corpo 'desfigurado', diz polícia

Suspeitos disseram à polícia que a vítima estava 'conversando demais'. Caso foi em Dourados.

Corpo do homem assassinado em Dourados foi encontrado em uma tubulação — - Foto: Polícia Civil/Divulgação

O detento do semiaberto de Dourados, Jhonatan Willian Ribeiro, de 28 anos, teria sido morto porque estaria "conversando muito'. "Segundo conversa com os autores, ele estaria conversando muito. Contando muita vantagem", fala o delegado de Polícia Civil,Rodolfo Daltro, responsável pela prisão dos 11 suspeitos presos. O crime também teria relação com a briga entre grupos rivais.

Todos os presos eram detentos do mesmo regime que a vítima e, conforme a polícia, voltaram do dia de trabalho, na segunda-feira (14), no mesmo ônibus que a vítima, desceram perto do presídio e foram tomar cerveja em uma bar próximo. Lá, discutiram e Jhonatan foi morto.

O corpo do presidiário foi encontrado na entrada da tubulação de água às margens da BR-163, quase em frente à unidade penal. Ele foi morto a pauladas e a pedradas. "Quem viu o corpo choca. Até mesmo nós policiais. Foi desfigurada a vítima", conta o delegado. Os 11 suspeitos devem voltar para o regime fechado.

detento do semiaberto morto por outros 11 colegas de presídio