Com pistas já liberadas, empreiteira termina amanhã asfalto na Antero

Amanhã serão aplicadas 100 toneladas de massa asfáltica nos poucos trechos não asfaltados.

Com pistas já liberadas, empreiteira termina amanhã asfalto na Antero - Foto: Marcos Tomé/Região News

Se não houver nenhum contratempo, nesta quinta-feira (16) a Construterra Construtora de Obras Civis termina o prolongamento da Avenida Antero Lemes, uma extensão de 576 metros entre a Rua Ponta Porã e a Avenida Aroeira. Amanhã serão aplicadas 100 toneladas de massa asfáltica nos poucos trechos não asfaltados. Depois disso, só restará terminar os canteiros, construir o passeio público e sinalizar para terminar a obra iniciada em novembro de 2016, ou seja, há dois anos e dois meses.

Desde o início da semana a travessia na pista sentido Avenida Aroeira está liberada, mas é preciso atenção na travessia da Ponta Porã, por causa do trânsito intenso e nas conversões a esquerda e a direta para entrar e sair da Antero Lemes.

A obra, que estava parada desde agosto de 2017, foi retomada no último dia 11 de outubro. A Construterra venceu a licitação com orçamento de R$ 815.701,20, redução de 10,85%, sobre o preço inicial de referência, R$ 914.976,11. A licitação foi lançada em 31 de julho do ano passado, quatro meses após a rescisão do contrato com a primeira empreiteira (a Gabriel e Filhos) da obra.

São 8.0724,23 metros quadrados de asfalto, o que equivale a 1,153 quilômetro divididos em duas pistas (576 metros). A obra começou em novembro de 2016 e se arrastou até agosto do ano passado, quando foi interrompida por falta do cascalho necessário para a terraplanagem e revestimento primário que precede o asfalto.

Em julho de 2016 a Agência Estadual de Gestão e Empreendimentos (Agesul) paralisou por 120 dias as obras para uma reprogramação da planilha, já que não havia material de revestimento primário (cascalho) num raio de 5 quilômetros do canteiro de obras.