Mais de 6,4 mil microempresas devem R$ 136 milhões à Receita

Companhias têm até dia 31 para regularizar situação ou serão excluídas do sistema.

Contribuintes foram notificados no ano passado e agora precisam acertar contas com o Fisco - - Foto: Correio do Estado

Em Mato Grosso do Sul, 6.456 empresas têm até o dia 31 para regularizar sua situação perante a Receita Federal. Estes contribuintes podem ser excluídos do Simples Nacional por débitos no valor de R$ 136,4 milhões, entre fazendários, previdenciários e inscritos na dívida ativa. No País, foram excluídas do Simples Nacional 521.018 empresas em virtude da não regularização dos débitos a partir de 1º de janeiro.

O Simples é o regime simplificado de pagamentos de tributos federais, estaduais e municipais que beneficia micro e pequenas empresas que faturam até R$ 4,8 milhões por ano.

Em setembro de 2018, foram notificadas 732.664 empresas optantes pelo Simples Nacional que possuíam débitos previdenciários e não previdenciários com a Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) e com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). As empresas que não se regularizaram foram excluídas a partir deste mês. No Estado, este número girava em torno de 9 mil firmas.

A consulta à situação fiscal da empresa e os pedidos de regularização podem ser feitos por meio da página do Simpls Nacional, no site da Receita Federal.