Simone Tebet é segunda opção do MDB para a presidência

Com uma campanha “anti-Renan” Calheiros (AL), ele pode não disputar presidência do Senado.

Simone pode substituir Renan na disputa no Senado - Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado

O plano B do MDB com relação a disputa da presidência do Senado Federal, pode ser colocado em prática em breve. Com uma campanha “anti-Renan” Calheiros (AL) entre os políticos da Casa de Leis e também nas redes sociais, o senador talvez não consiga ser o candidato a presidente. Com isso, é possível que a senadora por Mato Grosso do Sul, Simone Tebet, seja a candidata emedebista.

Tebet já tinha revelado ser o plano B do partido e também um terceiro plano da sigla para a disputa da presidência, mas sem revelar quem é. Como o MDB elegeu a maior bancada de senadores -13 no total-, a legenda não abre mão da cadeira de presidente. 

A senadora é líder do partido no Senado - Simone é a primeira mulher a liderar a maior bancada da Casa - e já anunciou não ter intenção de concorrer a liderança novamente, abrindo espaço ao senador Dário Berger (SC), que colocou seu nome à disposição para o cargo.