Em 16 dias, PM já multou 89 motoristas por trafegar e estacionar na contramão

Conforme dados, foram aplicadas 73 multas a condutores que transitavam na contramão e 16 por estacionar na contramão.

Em 16 dias, PM já multou 89 motoristas por trafegar e estacionar na contramão - Foto: Vanderi Tomé/Região News

Num período de pouco mais de duas semanas, a Polícia Militar já multou 89 motoristas nos trechos das ruas Pernambuco, Amazonas, Trajano Roberto Ferreira e Afonso Pena que passaram a ser mão única com a entrada em funcionamento do semáforo no cruzamento da Avenida Dorvalino dos Santos com a Rua João Márcio Ferreira Terra. Conforme os dados da Companhia Independente da Polícia Militar, foram aplicadas 73 multas a condutores que transitavam na contramão e 16 por estacionar na contramão

No caso de trafegar na contramão, é uma infração classificada como gravíssima, com multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira. Já a outra infração (a de estacionamento), é uma infração média (4 pontos na carteira) com multa de R$ 130,16.

Nas primeiras três semanas de funcionamento do semáforo, a Polícia Militar fez um trabalho de orientação, sem caráter punitiva. Já a partir da primeira semana de 2019, os policiais (que não mantém plantão nos locais) autuam quando flagram os motoristas praticando infração.

Muitos condutores ainda insistem em seguir pela Rua São Paulo em direção ao Paço Municipal, no trecho de mão única entre a João Marcio e a Pernambuco. Outra pratica recorrente é estacionar na Pernambuco (que é mão única subindo entre a Dorvalino e a São Paulo), no lado errado da pista. Há também quem vem vindo pela Dorvalino (pista sentido Campo Grande) queira subir a Amazonas, que é mão única em direção ao São Bento, na quadra até a São Paulo. 

Trecho da Rua São Paulo, entre a João Márcio e Amazonas é mão única sentido Rua Ponta Porã. Foto: Vanderi Tomé/Região News.

A Rua Amazonas e o seu prolongamento, quando passa a se chamar Trajano Roberto (entre a Dorvalino dos Santos e a Afonso Pena) é mão única descendo rumo ao Bairro São Bento. Também só tem um sentido de tráfego a Afonso Pena em direção a João Márcio (na quadra entre a Trajano e a João Márcio). Esta é a rota obrigatória para quem vem vindo na pista Maracaju/Campo Grande da Dorvalino, queira subir a João Márcio.

Desde o dia 12 de dezembro, quando o semáforo foi colocado em funcionamento, está valendo a mão única na outra alça de acesso: rua Pernambuco (sentido de tráfego subindo), entre a Avenida Dorvalino dos Santos e a São Paulo. São Paulo (sentido Ponta Porã), entre a Pernambuco e a Rua Amazonas. Com a proibição da conversão à esquerda, o motorista que trafega pela pista sentido Campo Grande/Maracaju, caso pretenda descer em direção ao Bairro São Bento, sobe pela Pernambuco; entra na São Paulo, por onde chega a João Márcio para atravessar a Dorvalino.

Rua Amazonas passa a ser mão única no sentido Bairro São Bento. Foto: Vanderi Tomé/Região News.

O semáforo funciona em três tempos para quem está subindo a Rua João Marcio Ferreira Terra. Assim, o motorista consegue fazer a conversão à esquerda e entrar na pista da Dorvalino dos Santos (sentido Maracaju).