Após corrida, criador de cavalos é executado com 26 tiros de pistola

“Alicate” como era conhecido, foi abordado em um cruzamento enquanto aguardava o semáforo.

Alicate foi alvejado com mais de 20 tiros e morreu na hora. - Foto: Porã News

Júlio Cesar de Leon Morel, de 30 anos, conhecido como ‘Alicate’, foi executado com 26 tiros de pistola 9mm, na noite deste sábado (19), em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã. Pistoleiros fugiram do local e ainda não há suspeita de quem cometeu o crime.

Segundo informações do site Porã News, Júlio estava em uma camionete S-10 preta, com placas do município de Sousa (PA), quando ao chegar em um semáforo na rua Brasil esquina com a rua Campeões do 65 no bairro San Blas por volta das 21h40, foi abordado por outra camionete Hilux de onde saíram pelo menos 26 disparos.

Criador de cavalos de corrida, Alicate teria acompanhado uma corrida durante a tarde e o animal dele venceu. Logo depois, teria se desentendido com algumas pessoas que estavam no local.

Após os disparos, os bandidos fugiram e ainda não foram encontrados. A divisão de homicídios que investiga o caso recolheu imagens de câmeras de segurança ao redor do local para tentar identificar os autores.

De acordo com o site Dourados News, Alicate também é conhecido na fronteira por jogar durante muito tempo em time amador da região.

A execução ocorreu em frente a uma lanchonete de Pedro Juan, em via bastante movimentada, e a movimentação após o crime foi filmada por moradores. Veja as imagens: