Carille indica dez mudanças no Corinthians, e Boselli pode estrear neste sábado, contra a Ponte

Recuperados, Ralf e Díaz treinam com bola e se aproximam de volta; Michel Macedo sai com dores

Mauro Boselli, observado de perto por Fábio Carille, em treino do Corinthians — - Foto: Marcelo Braga

Com exceção do goleiro Cássio, o Corinthians pode ter um time completamente diferente do que perdeu para o Guarani para enfrentar a Ponte Preta, neste sábado, às 19h, em Itaquera, pela terceira rodada do Paulistão.

Em treino na tarde desta quinta-feira sem a presença de 10 titulares, que ficaram na academia, Fábio Carille comandou um trabalho tático e escalou: Cássio, Michel Macedo, Marllon, Pedro Henrique e Gabriel; Thiaguinho e Araos; Pedrinho, Mateus Vital e Gustavo Silva; Boselli.

Por conta do pouco tempo de recuperação, Carille já havia adiantado que poderia poupar atletas diante da Ponte Preta. Ele também falou que era preciso ter cuidado para não precipitar a estreia de Boselli, mas deixou em aberto a utilização do centroavante argentino.

Provável titular da lateral direita neste jogo, Michel Macedo deixou o campo com dores no joelho direito. Ele recebeu atendimento médico após reclamar do problema no último lance do treino. Na lateral esquerda, Carille improvisou Gabriel, que foi inscrito no Paulistão nesta quinta-feira.

O treino desta quinta também contou com as voltas de Ralf e Sergio Díaz aos trabalhos com bola. Agora, restam apenas Renê Júnior e Clayson no departamento médico - o atacante deve ser reintegrado ao restante do elenco até a próxima semana.

 

O Corinthians encerra a preparação para enfrentar a Macaca na tarde desta sexta. A equipe segue sem vencer nesta temporada, tendo dois empates e uma derrota.