Cássio estranha gramado ruim da Arena, mas Corinthians garante ter a solução

Cássio chegou a se complicar para executar uma defesa na primeira etapa muito por causa do campo.

- Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Uma cena pegou muita gente de surpresa neste sábado, durante a partida entre Corinthians e Ponte Preta: o ruim estado do gramado da Arena. Além das imperfeições, do excesso de areia, pela primeira vez as poças d’água não foram drenadas com eficiência em meio a uma chuva intensa.

Cássio chegou a se complicar para executar uma defesa na primeira etapa muito por causa do campo. Sorte do goleiro e da equipe que Thalles estava impedido e teve seu gol anulado.

Após o jogo, Cássio falou abertamente sobre o assunto e se mostrou surpreso.

“É uma coisa nova, aqui sempre foi o melhor estádio, porque a qualidade sempre foi muito boa. Esse ano não sei o que aconteceu, mas está meio ruim, com um pouco de terra. Atrapalha um pouco, mas é ruim para nós assim como para a equipe adversária. Espero que o mais rápido possível possa voltar o mesmo estado de gramado dos últimos anos”.

Para alívio de Cássio e dos demais jogadores, o Corinthians garante que já descobriu o motivo do campo não estar nas condições ideais. Segundo o clube, uma espécie de ‘limo’ se formou no solo e impediu que a grama nova crescesse, como uma barreira impermeável.

Todos estão mais tranquilos justamente porque a causa do problema já foi descoberta. Agora, é questão de tempo. Os procedimentos necessários para extinguir esse contratempo já foram iniciados e, em breve, o gramado da Arena deverá voltar ao normal.

No dia 15 de dezembro, o estádio corintiano recebeu mais uma vez o Master Jam, evento com carros gigantes em uma pista de obstáculos e rampas de terra. Após isso, o gramado passou por uma manutenção por inteiro.