Focado no Oeste, Luan se esquiva de perguntas sobre o Corinthians

Com o rodízio aplicado pelo técnico, o jogador ainda não sabe se atuará no confronto diante do Oeste.

Em coletiva nesta terça-feira, o zagueiro Luan garantiu foco total no Oeste, adversário desta quarta-feira - (Foto: Marina Bufon/Gazeta Press)

Por mais que o próximo adversário do Palmeiras seja o Oeste, nesta quarta-feira na Arena Barueri, pela quarta rodada do Campeonato Paulista, o zagueiro Luan precisou se esquivar de muitas perguntas sobre o clássico contra o Corinthians, que acontece no sábado, no Allianz Parque.

“A gente sabe o que movimenta esse tipo de jogo, Palmeiras e Corinthians, um jogo grande. A torcida fica ansiosa, vocês também, mas estamos focando todas as nossas dificuldades no jogo de quarta-feira. O Oeste é um time bom e a gente vai se preparar muito bem para vencer e, aí sim, a gente poder começar a falar do jogo contra o Corinthians. Hoje (terça-feira) e amanhã estamos focados no Oeste, depois focaremos em outros compromissos”, relatou em coletiva no início da tarde.

Luan enalteceu o adversário de quarta-feira, que também ainda não perdeu no Paulistão (tem dois empates e uma vitória, conquistada no último final de semana, fora de casa, contra o Guarani). “É um time que temos que ficar atentos, vamos ver os vídeos ainda. É um bom time, fez bons jogos. Vamos ter que saber que neutralizar os pontos fortes deles e colocar os nossos pontos fortes para que a gente possa ganhar esse jogo”, observou.

Com o rodízio aplicado pelo técnico Luis Felipe Scolari nesse início de temporada, o jogador ainda não sabe se atuará no confronto diante do Oeste. Ele esteve presente na vitória do alviverde no final de semana em cima do São Caetano, quando, inclusive, fez um gol. Quando perguntado se, seguindo a lógica, ele ficaria de fora nesta quarta-feira e retornaria contra o principal rival, no sábado, mais uma vez se esquivou, reforçando o compromisso mais próximo.

“Não sei como vai ser ainda, não conversamos com o professor. Ontem (segunda-feira) foi dia de recuperação, o pessoal que não jogou foi para o campo e ainda não sabemos quem vai começar esse jogo. Para mim, o jogo mais importante da minha vida é sempre o próximo. Não posso pensar no final de semana, se ainda tenho um jogo importante no meio. Então, se eu for escolhido para jogar, vou dar a minha vida e tentar representar o Palmeiras da melhor maneira possível”, finalizou.

O Palmeiras enfrenta o Oeste na Arena Barueri nesta quarta-feira, às 21h (de Brasília), para tentar continuar sem perder na competição. Até agora, foram duas vitórias e um empate conquistado, que garantiram à equipe a primeira colocação do Grupo B. O Oeste também não perdeu ainda, mas ocupa a segunda colocação do Grupo D, atrás apenas do São Paulo.