Everson abriu mão de mais de R$ 1 milhão para fechar com o Santos

Desejo do goleiro em atuar no Peixe prevaleceu; tratativas se arrastaram por semanas até que contratação fosse fechada.

- Foto:Renato Pizzutto/BP Filmes

O goleiro Everson, apresentado pelo Santos nesta segunda-feira, abriu mão de R$ 1,1 milhão para que a negociação do Peixe com o Ceará fosse concretizada. A quantia é equivalente ao valor que teria de receber do seu antigo clube.

As tratativas entre Santos, Everson e Ceará se arrastaram por semanas e, após muitos desencontros e reuniões inconclusivas, o martelo foi batido na última semana. Everson, inclusive, já foi relacionado para seu primeiro jogo, o clássico contra o São Paulo, vencido pelo Santos no último domingo. O goleiro ficou no banco de reservas – Vanderlei, dono da posição desde 2015, foi e será mantido entre os titulares, ao menos por enquanto.

O interesse do Santos surgiu por conta do técnico Jorge Sampaoli. Logo que chegou ao Peixe, ele pediu a contratação de um goleiro que soubesse atuar com os pés, característica que Everson mostrou ter qualidade em 2018.

A negociação se arrastou por três motivos, segundo pessoas envolvidas na negociação:

  • Mudança constante nos pedidos do presidente do Ceará, Robinson de Castro;
  • Proibição do empresário de Everson, Edson Neto, de entrar no Ceará para dar andamento nas negociações;
  • Exposição de que Everson estava forçando para deixar o Ceará, clube em que é ídolo.

O técnico Lisca, do Ceará, também foi importante na negociação. O comandante, sempre que falou em entrevistas coletivas, blindou e indicou que queria que Everson conseguisse se transferir. O desejo do goleiro de fechar com o Santos também pesou.

Prova disso é que Edson Neto, agente do goleiro, pagou cerca de R$ 600 mil dos R$ 4 milhões que o Ceará teria a receber do Santos do próprio bolso.

Nesta segunda-feira, durante sua apresentação, Everson comentou como foi acompanhar as negociações e aguardar por um desfecho.

– Para ser sincero não foi fácil. Você ficar acompanhando, estar no clube empregado onde você tem uma história, aí você recebe uma proposta do Santos que é um dos maiores clubes do mundo e você balança. Meu filho, quando o Santos jogou lá, quis um autógrafo do Vanderlei. Meu filho viu na TV que o Santos estaria interessado e me perguntou se eu iria jogar no Santos. Eu falei que tinha a possibilidade e ele ficou superfeliz, disse que queria morar em Santos, que tem praia igual Fortaleza, e acabou dando tudo certo – explicou Everson.

O Santos comprou 80% dos direitos de Everson. O goleiro assinou contrato válido por quatro temporadas.