Ação do ‘Janeiro Branco’ debate a prevenção ao suicídio em Sidrolândia; em 2018 foram 4 casos

O objetivo das palestras é orientar o público para o cuidado com as pessoas com ideação/tentativa de suicídio e seus familiares.

- Foto: Assessoria de Imprensa

O mês de janeiro está sendo marcado por diversas ações de conscientização sobre saúde mental. Com o tema “Quem cuida da mente, cuida da vida”, alusivo à campanha nacional “Janeiro Branco”, a coordenadoria de Saúde Mental, está promovendo palestras nas unidades de saúde. As ações acontecem pelo 3° ano consecutivo.

O objetivo das palestras é orientar o público para o cuidado com as pessoas com ideação/tentativa de suicídio e seus familiares. Em se tratando de saúde pública, é importante que a temática tenha mais visibilidade junto à população, visto que debates do tipo estão se disseminando pelo país como uma forma de contribuir para diminuição da incidência de suicídios nos Estados e para o combate e conscientização das possíveis causas, como o bullying, os transtornos mentais e os problemas familiares e sociais.

Segundo dados da Secretaria de Saúde, em 2018, foram registradas tentativas de suicídio (alguns casos com reincidências). Em relação ao número de mortes, as estatísticas apontam 4 evidências de suicídio. Os dados apontam que os métodos usados por mulheres variam entre “lesões autoprovocadas” e “autointoxicações”.

Participam das ações a coordenadora de Saúde Mental, psicóloga Ana Paula Barbosa, Edimara Gonçalves (NASF), Thaíse Plein (CAPS), e Patrícia Baba (CEM). Na próxima semana, os trabalhos serão realizados na zona rural.