Com 217 notificações e diante do risco de epidemia, Saúde põe força-tarefa nas ruas a partir desta 2ª

Em 30 dias, o número de notificações supera aos casos dos últimos anos somados (113)

Com 217 notificações e diante do risco de epidemia, Saúde põe força-tarefa nas ruas a partir desta 2ª - Foto: Marcos Tomé/Região News

A Secretaria Municipal de Saúde, diante da iminência de Sidrolândia voltar a enfrentar depois de três anos, uma epidemia de dengue, desencadeia a partir desta segunda-feira (04) operação para eliminar os focos do mosquito transmissor aplicar o fumacê, bloqueando nove quadras no entorno das casas dos pacientes que apresentaram sintomas.

Conforme o dado mais atualizado da Vigilância Epidemiológica, até sábado, foram computadas 217 notificações, número próximo ao registrado (276) nesta mesma época do ano, em 2016, quando a cidade teve 1.032 registros. Em 30 dias, o número de notificações supera aos casos dos últimos anos somados (113).

No último boletim estadual divulgado pela Secretaria de Saúde, Sidrolândia aparece com 96 notificações, atrás apenas de Campo Grande (321 registros) e Três Lagoas (749). Até agora, há confirmação de 10 casos, sete por diagnóstico clínico e três por exame laboratorial, com isolamento do vírus tipo 2.

Os sorotipos mais prevalentes desde 2014 vinham sendo o 1 e 3. Quando aparece um novo sorotipo, automaticamente se provoca uma confusão imunológica, que é agravada no paciente que já contraiu a doença. Os danos são bem mais severos.

Histórico das notificações de dengue
  • 2015 - 796
  • 2016 - 1.032
  • 2017- 48
  • 2018 - 65