Força-tarefa começa pelo São Bento e quer visitar todas as casas até quarta-feira

Serão levadas garrafas, pequenas embalagens que foram encontradas nos quintais.

Serão levadas garrafas, pequenas embalagens que foram encontradas nos quintais. - Foto: Reprodução

A força-tarefa liderada pela Secretaria Municipal de Saúde planeja visitar nos próximos três dias os mais de 10 mil imóveis da área urbana da cidade. Contando até com apoio da Polícia Militar, os agentes de saúde vão entrar em casa por casa, revirando grandes reservatórios (tanques, tambores) que possam servir de recipiente de água onde a larva do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, possa proliferar.

Serão levadas garrafas, pequenas embalagens que foram encontradas nos quintais. O último Lira, (Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti) mostrou um índice de 2,41% de infestação, quando o índice tolerado pelo Ministério da Saúde é 1%. Ou seja, de cada 100 casas, em mais de duas, há focos do Aedes.

Nesta segunda-feira (04), as equipes vão atuar nos bairros São Bento, Cohabs, Carandazal, Sidrolar, Jardim Paraíso, Campina Ipacaray e Diva Nantes). Na terça-feira (05) será a vez do Cascatinha I e II, Jandaia, Petrópolis, Morada da Serra, Vila Tereré, Aldeia Tereré e Pé de Cedro).

O fechamento da ação será na quarta-feira (06) no Centro, Jardim Alfa, Santa Marta, Jardim do Sul, Porto Seguro, Olenka, Paineiras, Sol Nascente.