Fapec agora garante que ainda não eliminou candidatos e aguarda parecer do MP

Fundação de Apoio à Pesquisa ao Ensino e a Cultura informou ainda não ter eliminado do concurso os 16 candidatos.

Fapec agora garante que não eliminou candidatos e aguarda parecer do MP - Foto: Reprodução

Em resposta ao questionamento da Prefeitura, a Fundação de Apoio à Pesquisa ao Ensino e à Cultura, informou que ainda não eliminou do concurso público para o preenchimento de 92 vagas no funcionalismo público municipal, 16 candidatos que apresentaram certificados de capacitação fornecidos pela Cursos Online SP do Brasil.

Mediante o pagamento de uma inscrição de R$ 49,90, eles fizeram uma prova online, em que bastava acertar metade das 10 questões para garantir aprovação. A apresentação de certificados desta mesma empresa no concurso de títulos da Prefeitura de Antônio João, também organizado pela Fapec, levou a eliminação de 15 candidatos. 

Aparentemente a Fapec reviu a posição que havia tomado no mês passado, quando informou ao Ministério Público, por meio do ofício 0024//2019, a desclassificação dos candidatos porque os certificados da instituição de ensino sediada em Porto Alegre, “contém fraudes na emissão”.

No ofício que enviou na semana passada à Secretaria Municipal de Fazenda, a fundação, informou estar aguardando parecer do Ministério Público, para então divulgar o resultado do concurso. No documento, assinado pelo secretário Executivo Rodolfo Vaz de Carvalho, e pela procuradora Jurídica Morgana Bordignon Krein, que também assinaram o oficio encaminhado à promotora Daniele Borghetti Zampieri de Oliveira, a Fapec informa: “até o momento nenhum candidato foi eliminado, não tendo sequer sido publicado por esta fundação o Edital de Recursos apresentado à Prova de Títulos”.

No resultado preliminar, os 16 candidatos colocados sob suspeição da prática de fraude e falsidade ideológica, tiveram nota zero na prova de títulos, não sendo reconhecidos nem mesmo diplomas de pós-graduação e mestrado.