Anderson Silva surge em 15° lugar na volta ao ranking do UFC

Brasileiro estava fora do ranking desde janeiro de 2018, após caso de doping.

Israel Adesanya venceu Anderson Silva na decisão unânime dos juízes — - Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC / Getty Images

O ranking peso-médio (até 84kg) do UFC poderia ter um novo campeão nesta última segunda-feira, mas permanece do mesmo jeito, com Robert Whittaker ainda dono do cinturão depois que problemas de saúde o tiraram da luta com o desafiante Kelvin Gastelum. Ao mesmo tempo, mudanças aconteceram no top 15 após a vitória de Israel Adesanya contra Anderson Silva, por decisão unânime, no UFC 234, na Austrália.

A vitória do nigeriano radicado na Nova Zelândia o tirou do sexto para o quinto lugar no ranking, ultrapassando o ex-campeão Chris Weidman. Já Anderson Silva, campeão mais dominante da história da categoria, surgiu no 15° lugar no retorno após um longo tempo de suspensão por doping. Na última vez em que apareceu na lista, em janeiro de 2018, o brasileiro era o nono colocado.

Entre as pouquíssimas mudanças no ranking, o destaque é a peso-mosca Montana de la Rosa, que finalizou Nadia Kassem no segundo round. Ela saiu do 14° lugar para a 11ª posição.