Cabo Almi abre mão da disputa pela presidência da Comissão de Seguran

Coronel David convidou ele para ser vice no grupo.

Com desistência de Cabo Almi (PT), Coronel David (PSL) deve assumir presidência da comissão - - Foto: Assessoria

O Cabo Almi (PT) abriu mão, nesta terça-feira (12), da disputa pela presidência da Comissão de Segurança Pública e Defesa Social na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Em agradecimento, o Coronel David (PSL), que também estava fazendo campanha interna para o cargo na Casa de Leis o convidou para ser vice na Comissão.

Anteriormente, José Carlos Barbosa, o Barbosinha (DEM), era o nome indicado para ser vice, mas, ele mesmo disse que abriria mão para que os concorrentes se entendessem.

COMISSÃO

A comissão terá cinco deputados: Cabo Almi (PT), Coronel David (PSL) Capitão Contar (PSL), José Carlos Barbosa (DEM), o Barbosinha, e Marçal Filho (PSDB) farão parte do grupo.

A disputa pela presidência do grupo ficou mais fomentada depois das intenções do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e do governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), de angariar recursos e desenvolver projetos na área de segurança e na fronteira no Estado. Tanto Cabo Almi quanto Coronel David têm experiência na área e, por esse motivo, disputavam a presidência do cargo.

Com a retirada do Cabo Almi, a comissão deve ficar sob a presidência de Coronel David que, já atuou como comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul.