Saúde vai investigar se criança de 13 anos morreu de dengue hemorrágica

O garoto deu entrada no Hospital Elmiria Silvério Barbosa na terça-feira, por volta das 15 horas com quadro de febre.

Júlio Neri Romeiro de 13 anos, faleceu na tarde de ontem - Foto: Arquivo Pessoal

A Secretaria Municipal de Saúde vai fazer uma investigação epidemiológica para apurar a causa da morte de Júlio Neri Romeiro de 13 anos, que faleceu no início da tarde de ontem, quarta-feira no Hospital Elmiria Silvério Barbosa. O diretor clínico, Renato Couto, que atendeu o menino, diante do rápido agravamento do estágio de saúde do paciente, apontou duas prováveis causas: dengue hemorrágica ou meningite.

O garoto deu entrada no Hospital Elmiria Silvério Barbosa na última terça-feira, por volta das 15 horas com quadro de febre. Seu estado evoluiu e se agravou durante a noite e madrugada até às 6h20, quando foi pedida a central de regulação da Unimed (plano de saúde pelo qual o menino foi atendido) para liberar uma vaga em Campo Grande.

Só por volta das 13h10, mais de 7 horas após o pedido inicial de vaga (reiterado mais de uma vez), o translado para Campo Grande foi autorizado, segundo a diretora do hospital, Vanda Camilo.

Foi enviada uma ambulância da Amapil (que presta serviços para a Unimed) com equipe para levar o paciente. No trajeto, Júlio teve uma parada cardíaca e o resgate retornou ao hospital onde acabou falecendo após várias tentativas de reanimação.