Com contrato assinado, beneficiários de lotes querem começar construção de imediato

Os beneficiários receberam um lote de 200 metros quadrados com o alicerce pronto para a construção de uma casa de 42 metros quadrados.

Com contrato assinado, beneficiários de lotes querem começar construção de imediato - Foto: Vanderi Tomé/Região News

Entre os 36 beneficiários com os lotes urbanizados implantados no Sidrolar, que assinaram contratos nesta quinta-feira (14), alguns estavam ansiosos para receber o documento e partir daí começar a construir suas casas. Claudinéia Miranda e o marido, Wagner Barreto, planejam terminar a construção em três meses e com isto, se livrar do aluguel de R$ 300,00. Desde que foram sorteados, em dezembro, os dois apertaram o orçamento familiar de dois salários mínimos para comprar o material.

“Não tenho palavras para descrever a alegria que estou sentindo. O sonho de todos de ter sua casa própria está próximo”, diz Claudinéia. “Nada melhor do que morar no que é nosso, a casa que vai ficar para os nossos filhos”, reforça o entusiasmo, o esposo Wagner.

Nirlene Benites 36 anos, enfrenta dificuldades para criar as duas filhas e pagar o aluguel de R$ 450,00 com o salário de R$ 1 mil. “Espero terminar a casa o mais rápido possível”, afirma. Ela tem parte do material e pretende usar o FGTS para comprar o que falta. Sua maior preocupação é levantar recursos para custear a mão de obra. Há muito tempo ela se inscreveu na Prefeitura e não conseguiu ser contemplada nos últimos conjuntos habitacionais construídos na cidade.

Regras

Os beneficiários receberam um lote de 200 metros quadrados com o alicerce pronto para a construção de uma casa de 42 metros quadrados. A partir da assinatura do contrato eles terão três meses para erguer e respaldar as paredes até cobrir. Transcorrido este prazo, se não cumprir a exigência, será substituído.

Se não tiver condições financeiras de fazer o telhado, o Estado vai financiar a cobertura, ao custo de R$ 3,6 mil, dando três anos para quitar. Em dois anos a casa terá de estar pronta quando então será emitida a escritura.